quarta-feira, 6 de setembro de 2017

O julgamento divino começará pela casa de Deus, entre Seu povo.

E disse o Senhor: Filho do homem, você viu o que as autoridades da nação de Israel estão fazendo nas trevas, cada um no santuário de sua própria imagem esculpida? Eles dizem: ‘O Senhor não nos vê; o Senhor abandonou o país’ ". E de novo disse: "Você os verá cometerem práticas ainda mais repugnantes".
Ezequiel 8:12-13

O Senhor mostrou ao profeta Ezequiel tudo o que estava acontecendo, tudo o que o povo estava fazendo e disse que ainda iam fazer coisas piores, mais repugnantes do que as que já estavam praticando. Este povo é o povo escolhido, o povo separado, inclusive autoridades (pastores, bispos, presbíteros, profetas, etc). Muitos praticam coisas abomináveis ao Senhor, achando que Deus não está vendo, mas o Senhor está atento a tudo, nada passa desapercebido aos olhos de Deus. E o que o Senhor requer? Que toda a igreja viva (todos nós como igreja) volte-se para Ele verdadeiramente, com temor e arrependimento.

Enquanto eu escutava, ele disse aos outros: "Sigam-no por toda a cidade e matem, sem piedade ou compaixão, velhos, rapazes e moças, mulheres e crianças. Mas não toquem em ninguém que tenha o sinal. Comecem no meu santuário". Então eles começaram com as autoridades que estavam em frente do templo.
Ezequiel 9:5,6

Deus vai começar Seu processo de purificação primeiro em Sua própria casa.  O julgamento começará primeiro entre o povo de Deus!  No Novo Testamento Pedro advertiu aos cristãos dizendo que o julgamento precisa começar “pela casa de Deus”, conforme lemos abaixo: 

Se algum de vocês sofre, que não seja como assassino, ladrão, criminoso ou como quem se intromete em negócios alheios. Contudo, se sofre como cristão, não se envergonhe, mas glorifique a Deus por meio desse nome. Pois chegou a hora de começar o julgamento pela casa de Deus; e, se começa primeiro conosco, qual será o fim daqueles que não obedecem ao evangelho de Deus?
1 Pedro 4:15-17

sábado, 19 de agosto de 2017

Quando a benção do Senhor está sobre uma pessoa, ela vence.



Davi e todos os israelitas marcharam para Jerusalém, que é Jebus. Os jebuseus, eram habitantes da cidade e disseram a Davi: "Você não entrará aqui". No entanto, Davi conquistou a fortaleza de Sião, a cidade de Davi. Naquele dia Davi tinha dito: "O primeiro que atacar os jebuseus se tornará o comandante do exército". Joabe, filho de Zeruia, foi o primeiro, e por isso recebeu o comando do exército. Davi passou a morar na fortaleza, e por isso ela foi chamada cidade de Davi. Ele reconstruiu a cidade ao redor da fortaleza, desde os muros de arrimo até os muros ao redor, e Joabe restaurou o restante da cidade. E Davi foi se tornando cada vez mais poderoso, pois o Senhor dos Exércitos estava com ele.
1 Crônicas 11:4-9

Todo aquele que é chamado por Deus e obedece a direção dada pelo Senhor, tem a bênção de Deus sobre ele e não há barreiras que ele não ultrapasse. Davi se tornou muito poderoso porque a bênção do Senhor estava sobre ele.
Obedeça a Deus e seja um vitorioso!

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Pensai nas coisas que são de cima


"Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.” (Filipenses 4.8)
É na mente humana que ocorre a batalha espiritual gerando confusão, perturbação, questionamentos, dúvidas, incertezas, preocupações exageradas, medo, depressão e ansiedade. Por isso a ordem é pensar em coisas boas, e nas coisas que vem do alto.
Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra”. (Colossenses 3.2)


quarta-feira, 26 de julho de 2017

Vale de Ossos Secos


Ezequiel 37:1-14

O Senhor levou o profeta Ezequiel a um lugar onde havia ossos secos, um cemitério, um vale de ossos sequíssimos, e o fez andar em volta deste vale não sabemos por quantos dias. Ele queria que o profeta observasse bem o vale de ossos secos.  O profeta viu que era um vale de ossos secos onde tudo estava morto. Não havia vida ali. Aquele vale de ossos secos, simbolizava o estado em que se encontrava o povo de Israel, no cativeiro, Eles haviam se afastado do Senhor fazendo tudo o que desagradava a Deus. Israel estava vivendo um período de apostasia; abandonara o Senhor para adorar deuses estranhos e o Senhor queria mostrar para Ezequiel, a condição em que Israel se encontrava; Ele queria que o profeta observasse a condição de uma nação, um povo, e até de um cristão (nos dias de hoje) quando se afasta da presença do Senhor. Qualquer um que abandona o Senhor, começa a morrer espiritualmente até se tornar como ossos secos, sem ânimo e sem vida.  
E, diante desta situação, o Senhor perguntou-lhe:  
 "Filho do homem, esses ossos poderão tornar a viver"? O profeta respondeu: "Ó Soberano Senhor, só tu o sabes".

Talvez, se o Senhor perguntasse a um de nós hoje, responderíamos que não, porém o perofeta não olhou com olhos carnais e sim espirituais. Ele não foi guiado pelo que estava vendo; ele foi guiado pela fé em um Deus Poderosos que pode todas as coisas.  Tu sabes Senhor! Ou seja, o que o Senhor falar é o que eu vou crer e assim será feito.  Então, Deus ordenou que ele profetizasse aos ossos secos.  "Profetize aos ossos e diga-lhes: ‘Ossos secos, ouçam a palavra do Senhor! (Ez 37:4). Profetiza sobre eles, dê uma ordem: Ouça a palavra do Senhor! Farei um espírito entrar em vocês, e vocês terão vida. Porei tendões em vocês e farei aparecer carne sobre vocês e os cobrirei com pele; porei um espírito em vocês, e vocês terão vida. Então vocês saberão que eu sou o Senhor’ " (Ez 37:5,6)
Assim fez o profeta. Quando ele profetizou houve um grande reboliço aconteceu ali; um grande ruído se ouvia, era osso se juntando a osso. E começou a crescer tendões, carne, pele formando uma grande multidão, mas ainda não havia espírito neles.

Quantas pessoas já não viveram ou estão vivendo uma situação de vale seco? Quem já não se deparou com uma situação onde tudo parecia está morto e sem esperança? Quem já não olhou para a situação que estava vivendo e se viu num vale de sequidão de coisas secas e mortas? Talvez você esteja se sentindo assim; mas o Senhor  está te observando e conhece o seu interior, sabe até onde você pode suportar e Ele não quer que você se perca. Talvez você se afastou do Senhor e por esta razão tudo na sua vida parece não dar certo e sem você saber, está vivendo um vale de ossos secos. É problema na família, problema com emprego, problema financeiro,  a saúde não está boa, você está deprimido, angustiado, não consegue nem dormir direito. Sua vida espiritual é uma vida de aparência, pois você está vazio, seco, sequíssimo, sem vida, sem espírito. O Senhor te conhece. Olha o que Ele falou à igreja de Sardes:
Conheço as suas obras; você tem fama de estar vivo, mas está morto. (Ap 3.1).. Volte-se para Deus e confia no Senhor. Ele pode te erguer e te colocar de pé.
O profeta fez como o Senhor havia ordenado. O que estava morto reviveu após o homem de Deus dar uma ordem ao que estava morto. Profetize você também sobre o seu vale. Profetize sobre o problema, profetize sobre sua família, sua saúde, suas finanças. Problema sai em nome de Jesus! Profetize sobre sua vida espiritual. O desânimo, a miséria, o desemprego, a doença, os conflitos no lar, tem que sair quando você dá uma ordem no nome de Jesus. Desânimo eu te dou uma ordem: Sai em nome de Jesus! Tire tudo o que não agrada a Deus e deixe o Espírito Santo entrar e te dar vida.

A seguir Ele me disse: "Profetize ao espírito; profetize, filho do homem, e diga-lhe: ‘Assim diz o Soberano Senhor: Venha desde os quatro ventos, ó espírito, e sopre dentro desses mortos, para que vivam’". Profetizei conforme a ordem recebida, e o espírito entrou neles; eles receberam vida e se puseram de pé. Era um exército enorme! (Ez 37.9-10)

O problema é que muitas pessoas retrocederam na fé e isso é muito triste. A própria condição espiritual desta pessoa é um vale de sequidão.  Ela está seca, fraca na fé, tem fama de estar viva, mas está morta espiritualmente. Assim são muitos ministérios; tem todas as ações naturais (carne, pele, tendões) mas não tem vida. Não tem a ação sobrenatural do Espírito Santo.  Mas isso é o cumprimento da palavra: E por se multiplicar a iniquidade o amor de muitos se esfriaria.
O amor de muitos tem esfriado e muitas pessoas tem se tornado espiritualmente um vale de sequidão. Espiritualmente falando,  não tem mais vida.  Só o Senhor pode levantar Israel. O profeta respondeu: Tu sabes Senhor! Não importa a situação em que se encontra os ossos, se o Senhor ordenar que vivam, eles viverão.

Deus vai levantar um exército vivo! E mesmo que você esteja tão fraco que já se encontra como o vale de ossos secos, o Senhor pode te restaurar, te levantar e te dar vida abundante. Exerça sua fé no Senhor. Busque-o de todo o seu coração e veja a sua história mudar e ser transformada dia após dia, para honra e glória do Senhor Jesus.

domingo, 16 de julho de 2017

Lembrai-vos da mulher de Ló




Gênesis 19.15-26

Quando concentramos nossa atenção no que é mais valioso, todas as demais necessidades se tornam secundárias e passam a ser supridas pelo TODO-PODEROSO, nosso maior tesouro. Por isso, Jesus disse: “Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus, e a sua justiça, e todas as coisas vos serão acrescentadas”. (Mateus 6.33)

É preciso caminhar focado na salvação, sabendo que os olhos do Senhor estão sobre nós.
Os demônios estão à espreita tentando de tudo para nos afastar do caminho e do foco, e levando muitos a olhar para trás desviando da visão. Muitos já perderam a visão, saíram do foco e caíram no abismo. Quem cai no abismo dificilmente consegue sair dele. Tem muitas pessoas que um dia foram iluminadas, abençoadas e usadas por Deus, mas hoje encontram-se no abismo, perdidas e o que é pior, sem vontade de se arrepender. Caíram no abismo e não sabem mais como voltar para o caminho que o Pai traçou.

O Anjo do Senhor ordenou a Ló que pegasse suas filhas e sua esposa e saíssem de Gomorra sem olhar para trás. Aqueles anjos estavam ali para cumprir uma ordem dada por Deus. Mas, a mulher de Ló não levou a sério a ordem específica do anjo. Ela tinha o coração dividido entre o amor a Deus e o amor a Sodoma com sua vida de prazeres e bens terrenos. Ela não queria perder seus bens; porém perdeu sua vida terrena e sua vida eterna.

A reação dos genros de Ló foi de zombaria; eles não creram: V 14 “Tendo saído Ló, falou com seus genros, que haviam de casar com suas filhas, e disse-lhes: Levantai-vos, saí deste lugar, porque o Senhor há de destruir a cidade. Mas seus genros acharam que ele estava zombando”.

O próprio Ló, sua mulher e suas filhas, se demoraram para sair daquele lugar. Tiveram que ser tirados à força: “V  15 E ao amanhecer os anjos apertavam com Ló, dizendo: levanta-te, toma tua mulher e tuas duas filhas que aqui estão, para que não pereças no castigo da cidade. 16 Ele, porém, se demorava; pelo que os homens pegaram-lhe pela mão a ele, à sua mulher, e às suas filhas, sendo-lhe misericordioso o Senhor. Assim o tiraram e o puseram fora da cidade”. Muitos acham que o que está escrito na Bíblia não acontecerá exatamente como está escrito, mas Deus não mente, Deus não brinca, Deus não conta piadas, o que a sua palavra diz se cumprirá.

A mulher de Ló desobedeceu, olhou para trás e o Senhor a transformou numa estátua de sal. (Gn 19:26).

Não permita que sua vida seja transformada em uma estátua que não vai a lugar algum, que perde o foco, sai do caminho e não pode mais ter comunhão com o Senhor Jesus. Em Jesus está a salvação de nossa alma e a esperança de vida eterna.
Não olhe para trás meu amado, foque o seu olhar no caminho que o Senhor traçou para sua vida. Olha o que Jesus te diz nesta hora: “Lembrai-vos da mulher de Ló” (Lucas 17.32).

Olhar para trás é uma reação que ainda na vida de muitos cristãos. Eles acham que a palavra de Deus, não se cumprirá, ou que vai demorar a se cumprir; muitos acham que ainda tem todo o tempo do mundo para fazer as suas próprias vontades. Mas, a vida é feita de escolhas e dependendo de suas escolhas hoje, sua vida será de  vitórias ou de fracassos. Tudo só depende de você.

Sodoma e Gomorra eram cidades ricas, bem desenvolvidas, solo fértil, muito gado, bairros organizados, água abundante, conforto, comércio muito ativo, (roupas, perfumes, joias, utensílios, serviços, mantimentos, vida noturna), muito semelhante aos dias de hoje. Ela se apegou à cidade onde morava. Mas, olhe o que diz em I João 2.15-17: “Não ameis o mundo, nem o que há no mundo. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não vem do Pai, mas sim do mundo”.

A mulher de Ló olhou para trás e converteu-se numa estátua de sal.

Quantos começam bem a caminhada cristã, mas, no meio da jornada, olham para trás! Estão na igreja, mas o coração está em “Sodoma”, e em suas atrações.  Não podemos esquecer da advertência de Cristo, quando diz em (Lc 17.32): “Lembrai-vos da mulher de Ló.”. Jesus estava falando sobre sua segunda vinda e do arrebatamento da igreja. O Senhor não falou para se lembrar de mulheres notáveis como Débora, Rute, Noemi, etc, mas para lembrar da mulher de Ló. Ela parou e olhou para trás.

Se você está apegado às coisas deste mundo, lembre-se da mulher de Ló. Não pare, não olhe para trás! Olhar para trás é olhar para seu passado. O plano de Deus era outro para Ló e sua família; é necessário largar aquilo que ficou para trás para fazer a vontade de Deus. Olhar para trás significa que a pessoa sente falta daquilo que deixou para trás, e no Cristianismo o que a pessoa deixa para trás é o velho homem com os seus feitos (iniquidade, impurezas, maldade, pecado, fraude, roubo, mentira, violência, invejas, vícios e destruição). Fp 3:13-14 "mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus". Quantos cristãos pararam de ler a palavra, pararam de orar, pararam de pregar, pararam de evangelizar, pararam de ensinar, pararam de contribuir, pararam de ir aos cultos e pararam inclusive de amar? Pararam de fazer o certo, só não pararam de pecar. Eu não sei o que se passou na cabeça da mulher de Ló, mas esta desobediência lhe custou muito caro: Ela foi convertida por Deus em uma estátua de sal. (Gn 19:26)

CONCLUSÃO: Aquela mulher já tinha sido salva da destruição de Sodoma, mas depois que já estava fora da cidade, ela desobedeceu à ordem do Senhor por meio dos anjos, olhou para trás e converteu-se numa estátua de sal. A preocupação de Jesus não é com seus bens materiais, mas com sua vida espiritual, por isso Ele citou a mulher de Ló quando falava de Sua segunda vinda. Não se apegue às coisas deste mundo. No arrebatamento, fixe seus olhos em Jesus, esqueça sua casa, seu carro, seus bens materiais, sua conta bancária, seu cargo, sua fama, seu status, seu pai, sua mãe, seu marido, sua esposa, seu namorado (a), esqueça seus filhos, porque se você na hora do arrebatamento parar e olhar pra trás, você ficará neste mundo e não será salvo, a exemplo da mulher de Ló.


segunda-feira, 10 de julho de 2017

Elevo os meus olhos para os montes; de onde me vem o socorro?




Elevo os meus olhos para os montes; de onde me vem o socorro?  O meu socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra. Não deixará vacilar o teu pé; aquele que te guarda não dormitará. Eis que não dormitará nem dormirá aquele que guarda a Israel. (Salmos 121:1-4)

Os Salmos 120 até o 134, trata-se de Salmos cântico de romagem, (subida, peregrinação, degraus), onde não apenas um único salmista, mas os filhos de Israel entoavam cânticos, adorações ou clamores a Deus, enquanto subiam a Jerusalém para celebrarem as grandes festas anuais, que eram Páscoa, Festa do Tabernáculo ou da Dedicação. Jesus aos 12 anos também subiu à Jerusalém para com sua família, participar da Páscoa conforme está escrito em Lucas 2.41-46; e até hoje os judeus mantém a tradição de subirem a Jerusalém para celebração destas festas.

A jornada até Jerusalém era hostil, árdua e enfrentavam muitos perigos, percorriam trechos pedregosos, arenosos, vales, subidas longas, o frio e os perigos do dia e da noite, muita bagagem, mulheres, crianças, animais para serem sacrificados em prol dos pecados, ataques de animais selvagens. O perigo maior eram os salteadores que ficavam escondidos atrás dos montes esperando os peregrinos passarem, para saquearem seus bens, seus alimentos, seus animais e, ainda corriam o risco de verem suas crianças serem roubadas para serem vendidas aos idólatras que sacrificavam crianças ao deus Baal. Ao longo da caminhada, se deparavam com pessoas pagãs e até mesmo israelitas prestando cultos ao deus Baal, nos "lugares altos". O culto idólatra dos baalins realizava-se nos “lugares altos”.
Elevo os meus olhos para os montes”! Esses montes se referem às montanhas da Palestina, cujo alto, o cume, era utilizado pelos pagãos para edificação de altares idólatras onde adoravam a Baal. Deus tinha proibido o culto a Baal e a outros deuses mas os israelitas desobedeceram. Logo que entraram em contato com os povos de Canaã, os israelitas começaram a se desviar de Deus para adorar a Baal. O culto a Baal levou os israelitas a cometerem vários outros pecados:

Prostituição – Enquanto Israel estava em Sitim, o povo começou a entregar-se à imoralidade sexual com mulheres moabitas, que os convidavam aos sacrifícios de seus deuses. O povo comia e se prostrava perante esses deuses. Assim Israel se juntou à adoração de Baal-Peor. E a ira do Senhor acendeu-se contra Israel. (Números 25:1-3)

Mutilação – Ao meio-dia Elias começou a zombar deles. "Gritem mais alto! ", dizia, "já que ele é um deus. Quem sabe está meditando, ou ocupado, ou viajando. Talvez esteja dormindo e precise ser despertado.". Então passaram a gritar ainda mais alto e a ferir-se com espadas e lanças, de acordo com o costume deles, até sangrarem. (1 Reis 18:27,28)

Sacrifício de crianças – Porque eles me abandonaram e profanaram este lugar, oferecendo sacrifícios a deuses estranhos, que nem eles nem seus antepassados nem os reis de Judá conheceram; e encheram este lugar com o sangue de inocentes. Construíram nos montes os altares dedicados a Baal, para queimarem os seus filhos como holocaustos oferecidos a Baal, coisa que não ordenei, da qual nunca falei nem jamais me veio à mente. (Jeremias 19:4,5)

Vários reis de Judá e Israel promoveram o culto a Baal. O mais famoso foi Acabe, que casou com Jezabel, uma adoradora radical de Baal. Acabe construiu um templo a Baal em Israel e Jezabel sustentava centenas de sacerdotes de Baal. Os dois perseguiam os profetas de Deus.  
Alguns reis e profetas tentaram tirar o culto a Baal do país. O profeta Elias enfrentou os profetas de Baal no monte Carmelo. Quando fogo de Deus consumiu o sacrifício de Elias, ele matou os profetas de Baal, com o apoio do povo (1 Reis 18:38-40). O rei Jeú matou a família de Acabe e os restantes ministros de Baal e destruiu seu templo. O rei Ezequias também tentou eliminar o culto a Baal. Mas os israelitas somente pararam de adorar Baal depois do exílio na Babilônia.

Ao olharem para o alto das colinas onde os gentios acendiam os fogos de seus altares, os filhos de Israel começaram a cantar:
Elevo os meus olhos para os montes; de onde me virá o socorro?’ O meu socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra.....
Não é dos montes e nem das colinas que vem o socorro, não é na companhia das pessoas que peregrinam juntamente com ele, não está nos homens e nem nas armas que estão levando consigo ou em algum equipamento; mas o socorro deles está no próprio Deus, pois foi Ele que criou o céu, a terra e todas as coisas. Ele é Fiel e tem o domínio sobre toda a criação. Só Deus pode nos socorrer e somente Ele pode suprir as nossas necessidades.  "O meu Deus, segundo as Suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus". (Filipenses 4.19)

Ele não permitirá que você tropece; o seu protetor se manterá alerta, sim, o protetor de Israel não dormirá, ele está sempre alerta! O Senhor é o seu protetor; como sombra que o protege, ele está à sua direita. De dia o sol não o ferirá, nem a lua, de noite. O Senhor o protegerá de todo o mal, protegerá a sua vida. O Senhor protegerá a sua saída e a sua chegada, desde agora e para sempre. (Salmos 121:3-8)

O Senhor está sempre atento às necessidades de Seus filhos. Ele nunca fica exausto e nunca dorme.
Talvez você esteja atravessando um período de aflição, de medo, de enfermidade, de angústia, de dúvida; talvez você esteja vivendo um momento de grande dificuldade em alguma área de sua vida, as coisas estão tão amarradas e apertadas que você não sabe mais nem o que fazer. Se seus olhos  estão focados no monte do desânimo, no monte da crise familiar, no monte da dor, creia que o Senhor protegerá sua vida, Ele protegerá sua saída e sua entrada desde agora e para todo o sempre em nome de Jesus. Você precisa do socorro que vem de Deus.


Habacuque Clama e o Senhor Responde


“Até quando, Senhor, clamarei por socorro, sem que tu ouças? Até quando gritarei a ti: "Violência! " sem que tragas salvação? Por que me fazes ver a injustiça, e contemplar a maldade? A destruição e a violência estão diante de mim; há luta e conflito por todo lado. Por isso a lei se enfraquece e a justiça nunca prevalece. Os ímpios prejudicam os justos, e assim a justiça é pervertida”. "Olhem as nações e contemplem-nas, fiquem atônitos e pasmem; pois nos dias de vocês farei algo em que não creriam, se lhes fosse contado. Estou trazendo os babilônios, nação cruel e impetuosa, que marcha por toda a extensão da terra para apoderar-se de moradias que não lhe pertencem. É uma nação apavorante e temível, que cria a sua própria justiça e promove a sua própria honra. Seus cavalos são mais velozes que os leopardos, mais ferozes que os lobos no crepúsculo. Sua cavalaria vem de longe. Seus cavalos vêm a galope; vêm voando como ave de rapina que mergulha para devorar; todos vêm prontos para a violência. Suas hordas avançam como o vento do deserto e fazendo tantos prisioneiros como a areia da praia. Menosprezam os reis e zombam dos governantes. Riem de todas as cidades fortificadas, pois constroem rampas de terra e por elas as conquistam. Depois passam como o vento e prosseguem; homens carregados de culpa, e que têm por deus a sua própria força".
(Habacuque 1:2-11)

Você já se sentiu oprimido, preocupado e impotente com tanta violência que há no mundo? Habacuque estava se sentindo assim. Ele viu a violência de Jerusalém e a injustiça de seus líderes, e não entendeu a tolerância do Senhor.  Então ele se dirigiu a Deus com perguntas ousadas pois não dava mais pra suportar tanta tragédia e violência! O que Habacuque não sabia era que o Senhor já estava preparando algo contra o povo de Israel.. A ira do Senhor se acendeu e então fez o profeta ter conhecimento do mal que Ele estava preparando contra Israel. Ele ia trazer os babilônios, povo cruel, que destrói tudo pela frente, tomam as casas e se apoderam das terras, destrói plantações com seus cavalos velozes, mata os animais, e ainda faz o povo de escravo. Por causa da rebeldia do povo de Israel, Deus ia enviar os babilônios para destruir tudo. Habacuque tremeu com a resposta de Deus!

As vezes questionamos o agir de Deus e pensamos que Deus não está vendo o que está acontecendo, que Ele está alheio às violências e tudo mais, mas não é bem assim; Deus está vendo todas as coisas e não temos que questionar nada, porque na hora certa Deus age.

Ei! Guarde no seu coração as palavras do Senhor e não se preocupe, pois ainda que demore, certamente virá e não se atrasará. O Senhor não dorme e trabalha para que a palavra dEle se cumpra. Não falhará.

Ficarei no meu posto de sentinela e tomarei posição sobre a muralha; aguardarei para ver o que ele me dirá e que resposta terei à minha queixa. Então o Senhor respondeu: "Escreva claramente a visão em tabuinhas, para que se leia facilmente. Pois a visão aguarda um tempo designado; ela fala do fim, e não falhará. Ainda que se demore, espere-a; porque ela certamente virá e não se atrasará". Escreva: "O ímpio está envaidecido; seus desejos não são bons; mas o justo viverá pela sua fidelidade." 
(Habacuque 2:1-4)

O profeta disse que ia falar com o Senhor e depois ia ficar na posição para ver qual resposta o Senhor daria a sua queixa. Ficarei no meu posto de sentinela e tomarei posição sobre a muralha; aguardarei para ver o que ele me dirá e que resposta terei à minha queixa.( Hc 2.1). Muitas vezes você precisará subir à “torre de vigia” e permanecer em oração até receber a resposta de Deus. Habacuque recebeu a resposta e uma ordem do Senhor: Olha eu te darei resposta mas você anota tudo em um lugar que todos possam ver. (um out dor, um cartaz muito grande); e assim ele fez.
Há um tempo designado para todas as coisas acontecerem. em Eclesiastes 3, fala que há um tempo para todas as coisas. Uma pessoa não pode colher sem antes ter passado pelo tempo de plantar, e etc. O Senhor já decidiu o tempo certo para acontecer todas as coisas, e mesmo que demore, não atrasará, mas o justo viverá pela fé. Você precisa crer nisto, ainda que pareça estar demorando, a pessoa tem que ter certeza, ou seja Deus pode até adiantar, mas Deus não adianta. Há um tempo determinado para tudo acontecer. Eu tenho certeza que Deus tem um compromisso marcado com você e Ele vai cumprir com todos eles. Eu creio que Deus lhe fez uma promessa e Ele está hoje mais uma vez firmando que tudo aquilo que Ele falou vai cumprir, ainda que você esteja aí dizendo que Deus está demorando, Deus diz que ainda que demore não atrasará. Em Eclesiastes diz que tem um tempo pra todas as coisas e aqui em Habacuque diz que há um tempo determinado para acontecer.
O inimigo quer te convencer que as coisas nunca vai mudar, que nada vai acontecer e que Deus não está agindo; mas Deus está trabalhando para aumentar o seu nível de confiança. O justo viverá pela fé. Deus tem um compromisso com você e ainda que pareça estar demorando, não atrasará.

Mesmo não florescendo a figueira, não havendo uvas nas videiras; mesmo falhando a safra de azeitonas, não havendo produção de alimento nas lavouras, nem ovelhas no curral nem bois nos estábulos, ainda assim eu exultarei no Senhor e me alegrarei no Deus da minha salvação. O Senhor Soberano é a minha força; ele faz os meus pés como os do cervo; ele me habilita a andar em lugares altos
(Habacuque 3:17-19)

Habacuque relacionou 6  coisas que poderiam acontecer de pior na vida dele. Tudo o que ele tinha estava prestes a se  perder por causa da invasão dos babilônios. Não ia ter mais nada lá. A vinha dele seria destruída, os babilônios iam destruir toda a lavoura,  tomar os gados, todo o seu rebanho seria exterminado, mas ele não iria deixar de se alegrar no Senhor; ele iria continuar exultando no Deus da salvação. Ele ia confiar no Senhor porque ainda que tudo falhasse, ainda que tudo fosse destruído e não tivesse mais o que comer, nada para o seu sustento, o Senhor ainda o levaria a andar em lugares altos.
E você, como reagiria? O que você faria no lugar de Habacuque?
Se você hoje perdesse o seu bom emprego, seus investimentos fracassassem, você perdesse tudo o que você conquistou, perdesse um ente querido, se seu casamento fosse à ruína; o que você faria? Será que você continuaria adorando o Senhor mesmo diante de uma tragédia?

Mesmo que você perca tudo, mesmo que você fracasse com seus projetos; creia que Deus está no controle de tudo. O justo viverá da fé, então o impossível pode acontecer na vida daquele que crê.  em nome de Jesus. 

Seja Bem Vindo!

Seja bem vindo!
É um prazer ter você em meu blog. faça o seu comentário, deixe a sua mensagem.