quarta-feira, 24 de maio de 2017

Práticas sexuais na vida cristã



Analisando as práticas sexuais na vida cristã

O sexo é uma criação de Deus. Quando Deus criou homem e mulher, ele dotou a cada um de nós de glândulas e órgãos sexuais. Embora a Bíblia seja a carta de amor de Deus ao homem, nela encontramos textos que ressaltam a beleza do sexo na vida de um homem e de uma mulher. O livro de Cantares de Salomão, por exemplo, é um livro que descreve a beleza da sexualidade entre um homem e uma mulher.
Na relação daquele casal havia espaço para as fantasias sexuais envolvendo o olfato (Cantares 4:10), as carícias (Cantares 7:3) e lugares diferentes (Cantares 7:12-13).

Note, porém que aqui falaremos de sexo, ou seja, a relação sexual propriamente dita, esperamos debater o tema tirando alguns tabus relativo a pratica sexual, comum no nosso mundo cristão.
Nota: Não podemos fazer amor, porque amor é um sentimento, podemos apenas senti-lo, não podemos nem fazer sexo, pois sexo é a diferença entre macho e fêmea, no máximo podemos manter relações sexuais.

Meditando em Efésios 5:5 Porque bem sabeis isto: que nenhum fornicário, ou impuro, ou avarento, o qual é idólatra, tem herança no reino de Cristo e de Deus. Notamos o seguinte: fornicação é sexo entre pessoas solteiras, adultério é sexo com pessoa casada, porém fora do casamento. Então a relação sexual que agrada a Deus é entre um homem e uma mulher casados.

A Bíblia não fala sobre o ato sexual, mas sim sobre o relacionamento. Isso quer dizer que: Na Bíblia não encontramos nada relativo à forma como devem ser a nossa relação sexual, se ela deve ser em pé, deitada, em cima, do lado ou embaixo; como é o caso do livro indiano Kamasutra, sendo assim para Deus o mais importante é o relacionamento entre o casal, ou seja, deve haver amor, respeito, fidelidade e confiança, o resto é criatividade do casal em quatro paredes que não cabe a ninguém de fora intervir.

Há três coisas que são maravilhosas demais para mim, sim, há quatro que não conheço: o caminho da águia no ar, o caminho da cobra na penha, o caminho do navio no meio do mar, e o caminho do homem com uma virgem. Provérbios 30: 18-19

Os livros e manuais de sexo como são os casos do Kamasuta, do Tantra dentre outros orientais, têm caracteristicas espiritualistas, ou seja, de troca de energias ou veneração a entidades e dinvindades, sendo assim a característica de proporcionar prazer é secundária, por causa disso a grande variação das posições e a dificuldade em praticá-las, pois elas seguem o exemplo da Yoga, na qual a posição é importante para a confluência de energia, no caso do sexo tântrico por exemplo a troca de energia.


Perceba nas figuras acima, uma mistura de posições do Kamasutra e do Tantra, existem posições mais difíceis e complexas, o grau de dificuldade em faze-la é enorme e o prazer mínimo.

Em Suma esse tipo de sexo é um ritual quanto o sexo na Biblia é considerado parte de uma relação entre marido e mulher

Relações sexuais – A história das proibições

Mas o Espírito expressamente diz que em tempos posteriores alguns apostatarão da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios, pela hipocrisia de homens que falam mentiras e têm a sua própria consciência cauterizada, proibindo o casamento, e ordenando a abstinência de alimentos que Deus criou para serem recebidos com ações de graças pelos que são fiéis e que conhecem bem a verdade; pois todas as coisas criadas por Deus são boas, e nada deve ser rejeitado se é recebido com ações de graças; porque pela palavra de Deus e pela oração são santificadas. Propondo estas coisas aos irmãos, serás bom ministro de Cristo Jesus, nutrido pelas palavras da fé e da boa doutrina que tens seguido; mas rejeita as fábulas profanas e de velhas. Exercita-te a ti mesmo na piedade. I Timóteo 4: 1 - 7

O sexo em toda a criação de Deus tem como objetivo a procriação, exceto na humanidade que também pode gerar prazer. É aí então que entram os “santarrões” e os “fundamentalistas” dizendo: O sexo é só para procriar e se for feita uma relação sexual sem este objetivo, é pecado. Sendo assim o sexo oral, o coito interrompido, o uso de anticoncepcionais e etc. Tudo é pecado. Perceba que segundo o versículo acima as pessoas têm sua mente cauterizada (queimada), ou melhor, acreditam nessas doutrinas de espíritos enganadores, espíritos esses que rondam todas as igrejas, inclusive as evangélicas, não se engane.

Se morrestes com Cristo quanto aos rudimentos do mundo, por que vos sujeitais ainda a ordenanças, como se vivêsseis no mundo, tais como: não toques, não proves, não manuseies (as quais coisas todas hão de perecer pelo uso), segundo os preceitos e doutrinas dos homens?
As quais têm, na verdade, alguma aparência de sabedoria em culto voluntário, humildade fingida, e severidade para com o corpo, mas não têm valor algum no combate contra a satisfação da carne. Colossenses 2: 20-23

Veja que essas doutrinas até parecem que combatem a carne, porém não tem valor algum para Deus, são apenas doutrinas de homens, basta ouvir alguém pregando contra alguma pratica sexual e você notará que o pregador não exibirá nenhum versículo relativo ao ato como, a exemplo do sexo oral, que muitos pregam contra, porém não existe nenhum versículo contrário a essa prática.
Nota: Como já foi dito a Bíblia é um livro de relacionamento, por isso ela condena o adultério, o homossexualismo, a fornicação, o desrespeito matrimonial e etc. Todos esses fatos são taxativamente condenados na Bíblia.

Alguns enganos atribuídos a Bíblia

Diz uma máxima: Tire um texto de seu contexto que teremos um pretexto.
Esse é o fato de haver tantas interpretações de textos, basicamente é que a pessoa quer justificar alguma coisa, então busca algo para dar apoio a sua crença. Veja abaixo alguns exemplos disso.
Coito interrompido e controle de natalidade

Ora, Er, o primogênito de Judá, era mau aos olhos do Senhor, pelo que o Senhor o matou.
Então disse Judá a Onã: Toma a mulher de teu irmão, e cumprindo-lhe o dever de cunhado, suscita descendência a teu irmão.
Onã, porém, sabia que tal descendência não havia de ser para ele; de modo que, toda vez que se unia à mulher de seu irmão, derramava o sêmen no chão para não dar descendência a seu irmão.
E o que ele fazia era mau aos olhos do Senhor, pelo que o matou também a ele. Gênesis 38: 7-10

Este texto acima é usado como base para os que acreditam que o controle de natalidade é pecado, porém note que a maldade de Onã era justamente não querer que o irmão morto tivesse descendência, naquele tempo não ter descendência seria como se fosse riscada da terra toda a memória daquela pessoa. Isso era puro egoísmo e ódio de Onã para com o irmão, que realmente não valia nada. Então este texto não é uma condenação de Deus ao controle de natalidade, nem ao método chamado de coito interrompido (onanismo).
Abençoou Deus a Noé e a seus filhos, e disse-lhes: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra. Gênesis 9:1

Outro texto que usam contra o controle da natalidade é este acima: A questão é aparentemente simples de resolver, Deus deu uma ordem: Encher a terra!!! Gênesis 1: 28 e Gênesis 9:1. Então responda você a pergunta: A ordem de encher a terra já foi cumprida ou não? Fato é que parece já estar a terra toda povoada, inclusive com superpopulação em alguns lugares como na Índia e na China. Também Deus não especifica quantos filhos temos de ter: Doze como Jacó ou dois como Isaque, sendo assim subentende-se que a escolha pode ser nossa.

Sodoma – Sodomismo é homossexualismo.

Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas... I Corintios 6:9
Entenda que sodomitas são pessoas que mantém relações sexuais com outra do mesmo sexo (homossexualismo), e é este o significado do texto, inclusive no grego. Porém devido a modificações na língua portuguesa, sodomia passou a ter o significado de sexo anal também, e não só homossexualismo como é na essência do texto bíblico, porém as novas traduções têm mudado a palavra para uma mais específica, que não se relacione com Sodoma. Que segundo alguns foi destruído por causa do homossexualismo. Com certeza Deus condena o homossexualismo e em Sodoma existia esta prática, porém a causa principal da destruição das cidades foi outra.
Eis que esta foi a iniqüidade de Sodoma, tua irmã: Soberba, fartura de pão, e próspera ociosidade teve ela e suas filhas; mas nunca fortaleceu a mão do pobre e do necessitado. Ezequiel 16:49

Então podemos ter uma vida sexual evangélica saudável?
Levou-me à sala do banquete, e o seu estandarte sobre mim era o amor.
Sustentai-me com passas, confortai-me com maçãs, porque desfaleço de amor.
A sua mão esquerda esteja debaixo da minha cabeça, e a sua mão direita me abrace. Cantares 2: 4-6
Claro que sim!!! Deus é bondoso, amoroso e alegre. Ele não quer de maneira alguma que nós sejamos infelizes e tornemos o nosso casamento como sendo apenas um lugar de regras: não toque, não faça, etc.
Seja bendito o teu manancial; e regozija-te na mulher da tua mocidade. Provérbio 5:18. Alegresse no casamento.
Goza a vida com a mulher que amas, todos os dias da tua vida vã, os quais Deus te deu debaixo do sol, todos os dias da tua vida vã; porque este é o teu quinhão nesta vida, e do teu trabalho, que tu fazes debaixo do sol. Eclesiaste 9:9. Felicidade matrimonial é uma grande alegria na vida.
Como corça amorosa, e graciosa cabra montesa saciem-te os seus seios em todo o tempo; e pelo seu amor sê encantado perpetuamente. Provérbio 5:19. Busque satisfação no casamento sempre.

Desfazendo alguns mitos evangélicos

Arrume-se e cuide de seu corpo para o seu cônjuge.
A Bíblia fala que o corpo e templo do Espírito Santo I Corintios 6:19, sendo assim temos que zelar por ele, inclusive com o que “entra nele” (desculpe pelo eufemismo). Inclusive Deus condena a prostituição como um pecado contra o próprio corpo. I Corintios 6:18. Porém no casamento já que os dois são uma só carne e lícito dar prioridades ao cônjugue.
Pois quero que estejais livres de cuidado. Quem não é casado cuida das coisas do Senhor, em como há de agradar ao Senhor, mas quem é casado cuida das coisas do mundo, em como há de agradar a sua mulher, e está dividido. A mulher não casada e a virgem cuidam das coisas do Senhor para serem santas, tanto no corpo como no espírito; a casada, porém, cuida das coisas do mundo, em como há de agradar ao marido.
E digo isto para proveito vosso; não para vos enredar, mas para o que é decente, e a fim de poderdes dedicar-vos ao Senhor sem distração alguma. I Corintios 7: 32-35

Note aqui que no texto Paulo, que era viúvo, não está condenando o casamento, mas afirmando que depois de casado a pessoa terá de cuidar do seu cônjuge, desta forma ficará dividido, com mais uma obrigação, além das obras do Senhor. Claro que se a pessoa, segundo Paulo, preferir não casar será melhor para a obra de Deus, porém não peca se casar. Porque é melhor casar do que abrasar-se (queimar de desejo). I Corintios 7:9.

Desta forma não é pecado cuidar do seu corpo para seu(a) amado(a), veja o exemplo de Ester:
Ora, quando chegava a vez de cada donzela vir ao Rei Assuero, depois que fora feito a cada uma segundo prescrito para as mulheres, por doze meses (pois assim se cumpriam os dias de seus preparativos, a saber, seis meses com óleo de mirra, e seis meses com especiarias e ungüentos em uso entre as mulheres)... Ester 2:12

Ester passou um ano cuidando de sua beleza para que o rei Assuero se agradasse dela e Deus abençoou este entento, note que Assuero não era Judeu, nem convertido, mas Ester passou a ser a rainha dele. Porém se você quer exercitar sua fé e imaginação, visualize como seria se Ester simplesmente se colocar em jejuns, orações e santificação por um ano, apresentando-se diante de Assuero sem este aparato, simplesmente esperando um milagre de Deus. Difícil imaginar o que aconteceria. Porém é o que muitas esposas fazem, não se cuidam, não se arrumam e esperam que seus maridos se sintam atraídos por elas. Creio que seria melhor fazer como Ester fez pelo menos para dar menos trabalho para os anjos.

Um casal cristão, pode cultivar fantasias sexuais?

Antes de mais nada, as fantasias sexuais pertencem ao imaginário sexual de todo homem e mulher e elas envolvem os cinco sentidos: o olfato, a visão, o tato, o paladar e a audição.
Todas as pessoas sexualmente ajustadas, podem ter, mesmo que nunca tenham experimentado, algum tipo de fantasia sexual.
Elas estão presentes no imaginário masculino e feminino para aumentar o prazer sexual, pois induz à excitação e em alguns casos faz com que o ambiente sexual do casal se torne divertido.
Além de proporcionar ao casal uma variação nas relações sexuais, as fantasias sexuais são excitantes porque ativam o cérebro. Durante o processo da fantasia sexual, o hipotálamo libera uma grande descarga de noradrenalina, endorfina, dopamina na corrente sangüínea. Todas essas substância estimulam o desejo sexual, além de proporcionar euforia e bem-estar.

Os limites bíblicos das fantasias

Muitos desenvolvem fantasias sexuais que não são permitidas para um casal cristão. Desejar participar de sexo grupal, que é uma fantasia sexual, a Palavra de Deus é contrária.
Deus instituiu o sexo para ser desfrutado dentro do casamento e com o cônjuge exclusivamente (Lv 18:20; Pv 5.15; Hb 13:4).
A Bíblia também condena o sexo entre pessoas do mesmo sexo (Lv 18:22), com animais (Lv 18:23) e com parentes próximos (Lv 18: 6-18).
Na verdade a regra é simplesmente o respeito o amor mutuo.

Conclusão
Basicamente nós somos crentes em Cristo e buscamos a santidade, porém o sexo é carnal, pois a Bíblia diz que serão os dois uma só carne. Gênesis 2:24; Mateus 19: 5-6; Efésios 5:31. Desta forma para nós é difícil legislar sobre a carne que combatemos.
Porque a carne luta contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes se opõem um ao outro, para que não façais o que quereis. Gálatas 5:17.
Estas lutas esporádicas que se dão no casamento são as tribulações que Paulo relata.
Mas, se te casares, não pecaste; e, se a virgem se casar, não pecou. Todavia estes padecerão tribulação na carne e eu quisera poupar-vos. I Corintios 7:28.
Porém temos de colocar em nossas mentes evangélicas, que o casamento é uma benção de Deus, e que o sexo também o é no casamento. Sendo assim Deus quer que sejamos muito felizes no casamento e tenhamos muito prazer sexual, orgasmos e diversão, coisas estas que nunca macularam o casamento, muito pelo contrário.

Honrado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; pois aos devassos e adúlteros, Deus os julgará. Hebreus 13:4

(Por Rubens Silva Aguiar - http://www.jacuipenoticias.com/religiao)

segunda-feira, 22 de maio de 2017

O Espírito Santo NÃO te CONDENA, Ele te CONVENCE!

E disse Jesus:
“Quando o Espírito Santo vier convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo”. "Do pecado, porque não creem em mim; da justiça, porque vou para junto do Pai; do juízo, porque o príncipe deste mundo já está julgado" (João 16:8-11).
O Espírito Santo não foi enviado para CONDENAR o mundo, mas para CONVENCER o mundo.
Ele não te CONDENA . Ele te CONVENCE.

sábado, 13 de maio de 2017

O Senhor não faz acepção de pessoas



Não me sois, vós, ó filhos de Israel, como os filhos dos etíopes? diz o Senhor: Não fiz eu subir a Israel da terra do Egito, e aos filisteus de Caftor, e aos sírios de Quir?
Eis que os olhos do Senhor DEUS estão contra este reino pecador, e eu o destruirei de sobre a face da terra; mas não destruirei de todo a casa de Jacó, diz o SENHOR. Porque eis que darei ordem, e sacudirei a casa de Israel entre todas as nações, assim como se sacode grão no crivo, sem que caia na terra um só grão. Todos os pecadores do meu povo morrerão à espada, os que dizem: Não nos alcançará nem nos encontrará o mal.
Amós 9:7-10

Israel seria a nação escolhida somente se obedecesse à Palavra de Deus e proclamasse o Seu nome a todas as nações. O interesse de Deus sempre foi que todos os povos fossem ao arrependimento e tivesse Ele como o único Deus de suas vidas. Ele é Aquele que tirou Israel do Egito e colocou na terra de Canaã, onde Ele havia permitido que os filisteus de Caftor e os sírios de Quir vivessem. As decisões do Senhor são definitivas, de modo que o cativeiro de Israel é inevitável.  No entanto, Deus graciosamente promete salvar um remanescente (vv-7-8). Israel será sacudido de forma que só permanecerão os verdadeiros seguidores do SENHOR; aqueles que não se apegam ao pecado. Porém, Todos os ímpios existentes entre o povo de Deus, que se rebelarem contra os caminhos do Senhor, serão destruídos.

Observe que em nenhum momento o SENHOR excluiu as outras nações por causa dos judeus ou povo de Israel, ao contrário, Ele sempre amou e cuidou de todos sem fazer acepção de pessoas. Neste sentido, Israel e a Etiópia são igualmente importantes para Ele.
Jesus Cristo, aceita a todos independente de quem seja, independente de cor, raça, tribo, religião, língua ou classe social; Ele aceita a todos inclusive a nós, pecadores, e sabendo que Jesus nos aceita como somos, nada pode ser mais importante para nós do que este amor e esta entrega dEle para conosco. Ele diz: Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora. (João 6:37)
O Senhor nunca vai te abandonar. Ele te ama e tem cuidado de você. E não se esqueçam jamais das palavras de Jesus:
Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará ( João 8.32) e,
Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim. (João 14:6)

terça-feira, 9 de maio de 2017

Marta ou Maria; com qual das duas você se parece?



Caminhando Jesus e os seus discípulos, chegaram a um povoado, onde certa mulher chamada Marta hospedou-o em sua casa. Maria, sua irmã, ficou sentada aos pés do Senhor, ouvindo-lhe a palavra. Marta, porém, estava ocupada com muito serviço. E, aproximando-se dele, perguntou: "Senhor, não te importas que minha irmã tenha me deixado sozinha com o serviço? Dize-lhe que me ajude! " Respondeu o Senhor: "Marta! Marta! Você está preocupada e inquieta com muitas coisas; todavia apenas uma é necessária. Maria escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada". (Lucas 10.38-42)

Marta e Maria eram irmãs de Lázaro, um grande amigo de Jesus. Viviam em um povoado chamado Betânia, e eram muito amadas pelo Senhor. Betânia era um povoado perto de Jerusalém e Jesus sempre que ia a Betânia se hospedava na casa de seus amigos Lázaro, Marta e Maria.
Certo dia, Jesus foi a Betânia e Marta o convidou para se hospedar em sua casa e, como era de se esperar, tanto Marta como Maria deveriam cuidar dos hóspedes preparando a comida, arrumando a casa e fazendo tudo aquilo que era serviço próprio da mulher. Mas, tudo aconteceu de modo diferente, pois enquanto Marta se preocupava com coisas materiais, Maria se deliciava com as coisas espirituais oferecidas por Jesus. Vendo Marta que ela fazia tudo sozinha, decidiu ir reclamar de sua irmã a Jesus. Ela disse: "Senhor, não te importas que minha irmã tenha me deixado sozinha com o serviço? Dize-lhe que me ajude!" (Lucas 10:40b).

Mas, apesar dela ter reclamado, Jesus respondeu amorosamente, dizendo: "Marta, Marta! Você está preocupada e inquieta com muitas coisas; todavia apenas uma é necessária. Maria escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada." (Lucas 10:41-42).

O Senhor disse isto pra Marta porque ela estava muito incomodada em ver Maria ali aos pés do Senhor, vivendo um momento único, inédito, supremo, incrível. Jesus estava na casa delas e Maria preferiu ficar aos seus pés ouvindo seus ensinamentos. Marta não pode ouvir o que Jesus estava ensinando porque estava muito ansiosa e preocupada com os afazeres da casa; ela estava ocupada demais com as coisas materiais, porém Maria estava ali recebendo a boa parte.

Mas o Senhor está em seu santo templo; diante dele fique em silêncio toda a terra".
(Habacuque 2:20).. Aquietem-se todos perante o Senhor, porque ele se levantou de sua santa habitação". ((Zacarias 2:13)

Ouça a palavra do Senhor! O Senhor não quer que você viva ansioso, preocupado, Ele quer que você viva os bons momentos, que você desfrute da boa parte e da paz que Ele oferece. Ele te diz nesta hora: “Aquietai-vos, e sabei que Eu sou Deus."(Salmo 46-10); “Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim” (João 14:1). Não se turbe, não viva ansioso por coisa alguma. "Não andeis ansiosos por coisa alguma" (Filipenses 4.6) e (Mateus 6.31).

Pare de reclamar de tudo, ficar ansioso por tudo, Maria estava aproveitando e vivendo do melhor, Marta porém ficou muito inquieta por causa disto. Talvez muitos estejam inquietos porque tem visto que você está vivendo o melhor, porque você está desfrutando do melhor de Deus.

Nos dias de hoje vemos muitos cristãos igual a Marta, se preocupam com tudo menos aprender mais de Deus, lê a sua santa palavra, tirar um tempo para orar e se derramar aos pés do Senhor. Não é errado fazer os afazeres da casa, fazer o melhor jantar para agradar um hóspede tão especial, receber um amigo etc, mas não podemos deixar o lado Maria, aquele momento em que largamos tudo para ouvir o Senhor, para dar-lhe graças e louvores. É fundamental que separemos um tempo para Deus! Em João 12.1-3, vamos ver Marta fazendo a mesma coisa. Preocupada com os afazeres, enquanto Lázaro ouvia Jesus e Maria derramava bálsamo nos pés de Jesus e enxugava com seus cabelos.
Seis dias antes da Páscoa Jesus chegou a Betânia, onde vivia Lázaro, a quem ressuscitara dos mortos. Ali prepararam um jantar para Jesus. Marta servia, enquanto Lázaro estava à mesa com ele. Então Maria pegou um frasco de nardo puro, que era um perfume caro, derramou-o sobre os pés de Jesus e os enxugou com os seus cabelos. E a casa encheu-se com a fragrância do perfume. (João 12:1-3)

Lázaro já havia morrido e ressuscitado e Marta continuava a mesma. Ela só se preocupava com os afazeres, mas Maria surpreendeu a todos derramando o melhor bálsamo nos pés de Jesus.

Conclusão: Rompa com as dificuldades que te atrapalham de se derramar aos pés do Senhor. Quantas "Martas" estão inquietas neste momento porque tem visto a sua prosperidade, o seu sucesso, os seus sonhos sendo realizados? Mas isto não poderá te impedir de viver uma vida equilibrada. As "Martas" continuarão inquietas por sua causa, mas faça como Maria que independente de qualquer coisa, preferiu escolher a melhor parte, ouvir os ensinamentos de Jesus, ao qual Ele mesmo falou: não lhe seria tirada.




sábado, 29 de abril de 2017

Profetiza Sobre os Ossos Secos!





Ezequiel 37:1-14

O Senhor em uma visão levou o profeta Ezequiel a um vale de ossos sequíssimos e o fez andar em volta dos ossos não sabemos quantos dias. Ele queria que o profeta observasse bem o vale de ossos secos.  O profeta viu que era um vale de ossos secos onde tudo estava morto. Não havia vida ali. O Senhor disse para o profeta que aquele vale de ossos secos era a casa de Israel. Israel estava vivendo um período de apostasia; abandonara o Senhor para adorar deuses estranhos e o Senhor queria mostrar para Ezequiel, a condição em que Israel se encontrava.

E, diante desta situação, o Senhor perguntou-lhe:  
 "Filho do homem, esses ossos poderão tornar a viver"? Eu respondi: "Ó Soberano Senhor, só tu o sabes".

Humanamente falando, responderíamos ao Senhor: Não. Mas, não vivemos por vistas ou circunstâncias, mas vivemos por fé e por tudo o que sai da boca do Senhor em sua santa palavra. Quer dizer; eu não vou pelo que eu estou vendo ou pelo até acho que estou vendo, mas pelo que o Senhor disser. O que o Senhor me disser é o que vai prevalecer. Tu sabes Senhor!
Então, Deus ordenou ao profeta: profetiza a estes ossos; e quando o profeta profetizou aos ossos secos, houve um grande ruído, era osso se juntando a osso. E começou a crescer tendões, carne, pele formando uma grande multidão, mas não havia espírito neles.

Quantas pessoas já não viveram ou estão vivendo uma situação de vale seco? Quem já não se deparou com uma situação onde tudo parecia está morto e sem esperança? Quem já não olhou para a situação que estava vivendo e se viu num vale de sequidão de coisas secas e mortas? Talvez você esteja se sentindo assim; mas o Senhor  está te observando e conhece o seu interior, sabe até onde você pode suportar e Ele não quer que você se perca.
Talvez você se afastou do Senhor e por esta razão tudo na sua vida parece não dar certo e sem você saber, está vivendo um vale de ossos secos. É problema na família, problema com emprego, problema financeiro,  a saúde não está boa, você está deprimido, angustiado, não consegue nem dormir direito. Sua vida espiritual é uma vida de aparência, pois você está vazio, seco, sequíssimo, sem vida, sem espírito. O Senhor te conhece. Olha o que Ele falou à igreja de Sardes:
Conheço as suas obras; você tem fama de estar vivo, mas está morto. (Ap 3.1).. Volte-se para Deus e confia no Senhor. Ele pode te erguer e te colocar de pé.
O profeta fez como o Senhor havia ordenado. Profetize você também sobre o seu vale. Profetize sobre o problema, profetize sobre sua família, sua saúde, suas finanças. Problema sai em nome de Jesus! Profetize sobre sua vida espiritual. O desânimo, a miséria, o desemprego, a doença, os conflitos no lar, tem que sair quando você dá uma ordem no nome de Jesus. Desânimo eu te dou uma ordem: Sai em nome de Jesus! Tire tudo o que não agrada a Deus e deixe o Espírito Santo entrar e te dar vida.

A seguir Ele me disse: "Profetize ao espírito; profetize, filho do homem, e diga-lhe: ‘Assim diz o Soberano Senhor: Venha desde os quatro ventos, ó espírito, e sopre dentro desses mortos, para que vivam’". Profetizei conforme a ordem recebida, e o espírito entrou neles; eles receberam vida e se puseram de pé. Era um exército enorme! (Ezequiel 37.9-10)

O problema é que muitas pessoas retrocederam na fé e isso é muito triste. A própria condição espiritual desta pessoa é um vale de sequidão.  Ela está seca, fraca na fé, tem fama de estar viva, mas está morta espiritualmente. Assim são muitos ministérios; tem todas as ações naturais (carne, pele, tendões) mas não tem vida. Não tem a ação sobrenatural do Espírito Santo.  Mas isso é o cumprimento da palavra: E por se multiplicar a iniquidade o amor de muitos se esfriaria.
O amor de muitos tem esfriado e muitas pessoas tem se tornado espiritualmente um vale de sequidão. Espiritualmente falando,  não tem mais vida.  Só o Senhor pode levantar Israel. O profeta respondeu: Tu sabes Senhor! Não importa a situação em que se encontra os ossos, se o Senhor ordenar que vivam, eles viverão.

Motivos pra cair tem aos montes, mas você tem que decidir não se envolver com problemas que te fazem secar na fé, pois salvação é individual.. Não se envolva com o mundo porque vai morrer espiritualmente; tem coisas no mundo que só serve para te secar.  A bíblia diz: Quem está em pé cuide para que não caia.
Use sua boca para profetizar vida. Se você ficar falando: minha vida está ruim, minha situação está cada vez pior, eu não vou ficar curado desse mal, eu não vou conseguir arrumar emprego, etc.  vai ficar tudo pior porque é da sua boca que está saindo a palavra. Se você profetizar a derrota será um derrotado, mas se você profetizar a vitória sobre a sua vida, você receberá a vitória... Profetiza e creia. 
José ordenou e o sol e a lua pararam: 
No dia em que o Senhor entregou os amorreus aos israelitas, Josué exclamou ao Senhor, na presença de Israel: "Sol, pare sobre Gibeom! E você, ó lua, sobre o vale de Aijalom! "
O sol parou, e a lua se deteve, até a nação vingar-se dos seus inimigos, como está escrito no Livro de Jasar. O sol parou no meio do céu e por quase um dia inteiro não se pôs. Nunca antes nem depois houve um dia como aquele, quando o Senhor atendeu a um homem. Sem dúvida o Senhor lutava por Israel! (Josué 10:12-14)

Pela palavra de Ezequiel, o vale de ossos secos reviveram.

terça-feira, 28 de março de 2017

O Cinto de Linho Apodrecido



Texto:  Jeremias 13.1-11

“Assim me disse o SENHOR: Vai, e compra um cinto de linho e põe-no sobre os teus lombos, mas não o coloques na água. E comprei o cinto, conforme a palavra do SENHOR, e o pus sobre os meus lombos. Então me veio a palavra do SENHOR pela segunda vez, dizendo: Toma o cinto que compraste, e que trazes sobre os teus lombos, e levanta-te; vai ao Eufrates, e esconde-o ali na fenda de uma rocha. E fui, e escondi-o junto ao Eufrates, como o SENHOR me havia ordenado. Sucedeu, ao final de muitos dias, que me disse o SENHOR: Levanta-te, vai ao Eufrates, e toma dali o cinto que te ordenei que o escondesses ali. E fui ao Eufrates, e cavei, e tomei o cinto do lugar onde o havia escondido; e eis que o cinto tinha apodrecido, e para nada prestava. Então veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo: Assim diz o SENHOR: Do mesmo modo farei apodrecer a soberba de Judá, e a muita soberba de Jerusalém. Este povo maligno, que recusa ouvir as minhas palavras, que caminha segundo a dureza do seu coração, e anda após deuses alheios, para servi-los, e inclinar-se diante deles, será tal como este cinto, que para nada presta. Porque, como o cinto está pegado aos lombos do homem, assim eu liguei a mim toda a casa de Israel, e toda a casa de Judá, diz o SENHOR, para me serem por povo, e por nome, e por louvor, e por glória; mas não deram ouvidos”.

Durante o reinado do rei Jeoaquim o povo muito se corrompeu  passando a viver longe da presença do Senhor. A Bíblia diz que o orgulho de Judá se elevou e o orgulho de  Jerusalém ficou desmedido, muito grande. A soberba deles cresceu tanto que esqueceram do Senhor. Então, o Senhor chama o profeta Jeremias e dá a seguinte instrução: Vá comprar um cinto de linho e passe a usá-lo em volta da cintura, mas não o deixe molhar. Assim Jeremias fez. Era um cinto perfeito e todos viram ele usando.  Em seguida, Deus aparece a Jeremias e ordena que ele vá até o Eufrates e esconda o cinco na fenda de    uma rocha. A distância que Jeremias iria percorrer de Anatote até o Eufrates era muito longa, cerca de 400 km, mas o profeta não questionou nada. Ele colocou o cinto de linho branco sobre os lombos e viajou por muitos dias. Durante os dias de viagem, o cinto ficou sujo e empoeirado, e ao chegar ao Eufrates, ele enterrou o cinto na fenda da rocha, da forma que o Senhor tinha ordenado. Depois de tudo isso, o profeta voltou para casa.
Passado muitos dias, o Senhor chamou o profeta e mandou que ele voltasse até o Eufrates e desenterrasse o cinto. Assim ele fez, mas verificou que o cinto havia apodrecido e para nada mais prestava. Por meio do cinco de linho, Deus apresentou uma analogia para o seu povo. O cinco de linho deteriorado representa o povo de Israel que, no passado, servia a Deus e o adorava, mas que, agora, se tornou inútil por causa da desobediência.

Este povo maligno, que recusa ouvir as minhas palavras, que caminha segundo o propósito do seu coração, e anda após deuses alheios, para servi-los, e inclinar-se diante deles, será tal como este cinto, que para nada presta”. (v10)

O povo que o Senhor separou e honrou, o povo que o Senhor dera tantas vitórias e terras, havia se tornado arrogante e soberbo. Deixaram a soberba dominarem de tal forma que foram se afastando do Deus verdadeiro e passaram a cultuar deuses estranhos.

Daí veio o recado divino: “Desta maneira farei apodrecer a soberba de Judá e a muita soberba de Jerusalém”.  A advertência que Deus havia dado naquela época, é também válida para cada um de nós nos dias de hoje.  Muitos um dia foram úteis para Deus. O nome do Senhor era glorificado na vida deles, eles adoravam o Senhor, através da conduta o nome do Senhor era glorificado, a pessoa realmente reverenciava Deus e dava glórias. Mas, Judá e Jerusalém tinham se tornado uma nação soberba, de dura cerviz, já não era mais útil para Deus.
O ensinamento que recebemos do Senhor é que para sermos úteis, precisamos considerar o propósito para o qual fomos chamados. Enquanto o cinto estava sendo usado da forma correta, ou seja, em volta da cintura, ele manteve a sua durabilidade. O linho tem esta característica: durabilidade; mas quando saiu do corpo, deixou de cumprir o propósito para o qual ele foi estabelecido. Ao deixar de exercer o seu papel, foi colocado longe do corpo e enterrado, por isso ele apodreceu e se tornou totalmente inútil. Para nós o ensinamento é ser útil ou inútil de acordo em fazer ou deixar de fazer aquilo para o qual fomos feitos pra fazer. O Senhor Jesus fala a respeito disso quando Ele fala a respeito dos talentos, quando Ele fala a respeito do servo inútil, do sal que perde completamente o seu saber e aí não serve mais pra nada a não ser,  ser pisado e para mais nada presta. Quando deixamos de exercer a nossa função nós nos tornamos inútil e apodrecemos. 

O mundo deste século caminha com os mesmos erros. Deus o honrou e ao invés da pessoa glorificar o nome de  Deus, se elevou a soberba , o orgulho. Deus fala aqui com Jeremias e usa um objeto conhecido por todos: um cinto.

No capítulo 2:13 de Jeremias,  vemos Deus se queixando do povo de Israel: “O meu povo cometeu dois crimes: eles me abandonaram, a mim, a fonte de água viva; e cavaram as suas próprias cisternas, cisternas rachadas que não retém água”.  

A queixa do Senhor naquela época, é a mesmo nos dias de hoje: Ele separou um povo, honrou, deu vitórias mas depois de tudo isso, ficaram orgulhosos, soberbos, não ouvem mais a voz de Deus, levantaram altares e em seu coração e sem se dar conta, passaram a cultuar outros deuses. Então tem pessoas que estão na soberba, no orgulho, na dureza, coração endurecido porque não ouve mais a Deus. Um dia vão acordar e perceber que não tem mais nenhuma utilidade para o Senhor; que um dia foram honrados e úteis para Deus, mas se tornaram orgulhosos, abandonaram o Senhor e apodreceram na fé se tornando inúteis como aquele cinto estragado. Infelizmente muitos cristãos estão com suas vidas espirituais decadentes e são como "cintos apodrecidos"; que andam segundo o próprio entendimento; são egoístas, arrogantes, vazios, murmuradores e inúteis como o cinto de linho enterrado bem longe, bem afastado do corpo do profeta, que apodreceu e para mais nada prestava.

Conclusão:
Todos nós fomos feitos para honrar e glorificar o Senhor! Este desejo de Deus não mudou, Ele quer que estejamos ligados  nEle como o cinto é ligado ao lombo de quem o comprou. O apostolo Paulo fala em Ef 6:14. Que devemos nos cingir com o cinto da verdade ou seja, devemos nos edificar na Palavra de Deus e confiar em Suas promessas. Devemos confiar naquilo que Deus falou. Judá e Jerusalém esfriaram na fé e passaram a cultuar deuses estranhos  que tem olhos mas não vê, tem mãos mas não apalpam, tem pés mas não andam, ao contrário, precisam ser carregados por quem o criou ou por outras pessoas. Quando nos afastamos do coração do Pai, correremos o risco de ter uma vida semelhante à do cinto de linho: distante, podre e sem nenhuma utilidade.  
- Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. Jo 15:5



Seja Bem Vindo!

Seja bem vindo!
É um prazer ter você em meu blog. faça o seu comentário, deixe a sua mensagem.