segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Olhe para Jesus

Se olharmos para os nossos problemas, nossas lutas, nos defeitos e os defeitos das outras pessoas, vamos acabar esfriando espiritualmente e até cair. Não  desvie seu olhar de Jesus. Pedro fez isso e quase se afogou. A Bíblia nos  adverte a  olharmos somente para Jesus (v2)

Portanto, também nós, uma vez que estamos rodeados por tão grande nuvem de testemunhas, livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve, e corramos com perseverança a corrida que nos é proposta, (tendo os olhos fitos em Jesus, autor e consumador da nossa fé). Ele, pela alegria que lhe fora proposta, suportou a cruz, desprezando a vergonha, e assentou-se à direita do trono de Deus. Pensem bem naquele que suportou tal oposição dos pecadores contra si mesmo, para que vocês não se cansem nem se desanimem.
Hebreus 12:1-3

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Cuidado com as Raposinhas


Apanhai-me as raposas, as raposinhas, que devastam as vinhas, porque as nossas vinhas estão em flor.
Cânticos 2:15

Vinhas são plantações de uva e naquela época tinham uma grande importância para o povo de Israel, pois muitas famílias dependiam delas para sobreviver.
Aqui nós podemos traduzir a vinha de diversas maneiras:

1- Vinha como família
No livro de Cânticos, Salomão descreve a beleza e o bem estar de um relacionamento baseado no amor, e também nos alerta contra os conflitos que, se não combatidos, irão comprometer a saúde deste relacionamento. “Apanhai-me as raposas, as raposinhas, que devastam as vinhas, porque as nossas vinhas estão em flor.” Biblicamente falando, as raposinhas é uma referência a pequenos animais que costumavam perturbar os guardadores das vinhas. Essas “raposas e raposinhas” representam os problemas e diferenças que surgem em qualquer relacionamento intimo. No casamento, é preciso haver o compromisso de tratar desses conflitos e dificuldades a fim de proteger o relacionamento. 
Quais são as raposinhas (conflitos) que  estão ameaçando o seu lar? 
a) Falta de diálogo - Se não há mais diálogo entre esposos e entre os pais com filhos, é sinal que o relacionamento familiar está em perigo e é preciso combater esse conflito imediatamente pois há um forte indício do casamento entrar em crise e acabar se desfazendo.
b) Ciúme - A Bíblia diz que o verdadeiro amor não arde em ciúme.
c) Falta de perdão - A maioria dos casais brigam por coisas pequenas e depois as brigas vão se tornando grandes. É aquela pequena ofensa hoje que se não for tratada, gera uma ferida na alma difícil de cicatrizar. É preciso vigiar, e ambos liberar o perdão, para que haja paz, equilibrio e alegria no ambiente familiar.
d) Falta de respeito - Se acabou o respeito, acabou tudo.  Talvez se preocuparam com as grandes coisas e não perceberam que as pequenas foram se acumulando dia após dia, resultando assim em um grande problema. 
Muitos casamentos hoje já não existe mais porque  não fecharam as brechas para as raposinhas, para problemas que pareciam tão pequenininho. Poderia ser evitado, mas quando abriam os olhos já eram tarde demais. Salomão sabia que o grande inimigo do vinhedo não eram as grandes raposas, mas as pequenas raposinhas.

2- A vinha como Igreja do Senhor
Pequenas práticas espirituais constroem pouco a pouco, condutas que produzem a “vida abundante”. O hábito de orar, jejuar, leitura da Palavra de Deus, são práticas espirituais que nos fortalecem e nos aproximam de Deus.
O pecado são raposinhas que nos destroem e nos afasta de Deus. 
a)Ingratidão
b)Murmuração, insatisfação, nada está bom, o louvor, a mensagem
c)Orgulho e Arrogância
d)Mentira
e)Criticar, falar mal e colocar defeito no irmão 
i)Idolatria - qualquer coisa que colocar Deus em segundo lugar se torna um deus na vida da pessoa (carro novo, casa, internet, watzapp, etc)

3- A vinha na área financeira
Aquele desequilíbrio financeiro que muitas pessoas estão vivendo hoje. Elas não se endividaram da noite para o dia com uma coisa grande.  Começaram cedendo para uma coisa hoje, outra amanhã e isso acabou virando um problema de nível grande e impossível de ser solucionado:
a)A dívida do cartão de crédito que foi parcelada, mas não aguenta ver uma promoção que está comprando mais. É só mais R$ 100,00, é só mais R$ 50,00; é só mais R$ 30,00 e por aí vai, quando pensa que não, junta as parcelas do cartão que foi feito um acordo, e mais as comprinhas (raposinhas) de ofertas e no final do mês a pessoa já está desesperado e sem saber o que fazer... 
b)Emprestar folha de cheque ou ser avalista de pessoas que não pagam o compromisso..
Quem fica por fiador de outrem sofrerá males, mas o que foge de o ser estará seguro.” (Pv 11:15); 
O homem falto de entendimento compromete-se, ficando por fiador do seu próximo.” (Pv 17:18)
c)A pessoa que não é dizimista, não prospera em nada. Existe bênçãos sem medidas para os dizimistas fiéis. (Malaquias 3.10-12). O dízimo é algo sagrado, é de Deus.
São raposinhas que devastam a vida financeira.

4- A vinha como influências que não procedem  de Deus...Exemplo:
É só um cálice de vinho... No final só anda embriagado
É só um baseadinho... Hoje está no trafico, muitos estão mortos, outros na cadeia. Começaram com uma coisiiiinha ... raposinhas.. brechas

CONCLUSÃO:

Cuidado com seus pontos fracos, vulneráveis, pois são nestes pontos que o diabo vai investir para te derrubar.  Não permita que a falta de perdão, as brigas, a amargura, o orgulho, pecados ocultos e tantas outras coisas, influencie o seu casamento ou a sua comunhão com Deus. Deixe que o Espírito Santo fale ao seu coração. 

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Seis coisas aborrecem a Deus e a sétima Ele abomina



Os itens que estão relacionados em Provérbios 6.16-19,  são pecados de atitude. São procedimentos que deixam o Senhor muito irritado porque são atitudes relacionadas com o caráter de Satanás. A palavra diz que o Senhor odeia as seis primeiras, mas a sétima Ele abomina. A sétima é uma atitude que fere  o sentimento de Deus, que é a pessoa que semeia contenda entre os irmãos.
Estes sete atos descritos aqui em Provérbios 6.16-19; são praticados por pessoas que conhecem o que é certo e  sabem que estão agindo erroneamente, mas mesmo assim insistem em agir, ignorando a justiça de Deus.

A palavra de Deus em Romanos 1.29, descreve estes mesmos atos da seguinte maneira:
“Estando cheios de toda a injustiça, malícia, cobiça, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, dolo, malignidade; sendo murmuradores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais; néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, sem misericórdia; os quais, conhecendo bem o decreto de Deus, que declara dignos de morte os que tais coisas praticam, não somente as fazem, mas também aprovam os que as praticam”.

Vamos analisar o que está escrito em Provérbios.

1- Olhos altivos 
As pessoas de "olhos altivos" são pessoas arrogantes, prepotentes, egoístas, orgulhosas que se julgam mais capacitadas, melhores ou superiores em tudo que fazem com relação às outras pessoas, sempre tentando se destacar sem ter um pingo de humildade. Deus resiste a estas pessoas.

"Deus se opõe aos orgulhosos, mas concede graça aos humildes". (Tiago 4:6)
"A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito, a queda."(Provérbios 16:18)
Você que dizia no seu coração: "Subirei aos céus; erguerei o meu trono acima das estrelas de Deus; eu me assentarei no monte da assembleia, no ponto mais elevado do monte santo. Subirei mais alto que as mais altas nuvens; serei como o Altíssimo".
(Isaías 14:13,14)

2- Língua mentirosa
A mentira é uma característica de Satanás.
"Vocês pertencem ao pai de vocês, o diabo, e querem realizar o desejo dele. Ele foi homicida desde o princípio e não se apegou à verdade, pois não há verdade nele. Quando mente, fala a sua própria língua, pois é mentiroso e pai da mentira". (João 8:44)
"Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos que se prostituem, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte". (Apocalipse 21.8)

Quantas pessoas estão na igreja, se dizem cristãs mas lá fora são pessoas mentirosas. Deus está te vendo e isso aborrece o Senhor.

3- Mãos que derramam sangue inocente.
O Senhor detesta a violência, o homicídio. O primeiro homicídio relatado na Bíblia foi o de Abel, em Gênesis 4:8-10:  “Falou Caim com o seu irmão Abel. E, estando eles no campo, Caim se levantou contra o seu irmão Abel, e o matou.  Perguntou, pois, o Senhor a Caim: Onde está Abel, teu irmão?  Respondeu ele: não sei; sou eu o guarda do meu irmão? E disse Deus: que fizeste? A voz do sangue de teu irmão está clamando a mim deste a terra”.
Na igreja tem pessoas de boa aparência que mesmo sendo cristãs, são invejosas e injustas, tendo as mãos sempre dispostas a fazerem o mal.

4-Coração que traça planos perversos
Talvez um dia alguém te ofendeu, te pediu emprestado e não voltou para pagar, e ainda deixou de ter amizade com você, daí você com raiva desta pessoa, começa a maquinar coisas ruins e perversos para prejudicá-la. Você não consegue perdoar, então lá se vai a sua paz, o seu sono, você se deita e se levanta sempre com o mesmo objetivo: traçar um plano para prejudicar esta pessoa. O inimigo de Deus vive traçando meios para derrubar aqueles que estão na presença do Senhor.
"Não tenha inveja dos homens malignos, nem deseje a companhia deles; pois destruição é o que planejam no coração, e só falam de violência". (Provérbios 24:1,2)

5-Pés que se apressam para fazer o mal.
Meu filho, não vá pela vereda dessa gente! Afaste os pés do caminho que eles seguem, pois os pés deles correm para fazer o mal, estão sempre prontos para derramar sangue. (Provérbios 1:15,16)
Mas os pés de muitos cristãos, tem corrido apressado para fazer o mal, fazer fofoca, fazer intriga etc, e acabam se envolvendo por que brincam com as coisas de Deus. Elas têm lá no fundo aquele desejo de experimentar os prazeres do mundo, por isso dão pequenos passos rumo à lama achando que são fortes o suficiente e, quando vêm, já estão atolados até o pescoço.
Quando a gente erra só tem uma maneira de sair da direção errada: se arrepender se humilhar e voltar para o Senhor.

6-Testemunha falsa que fala mentiras.
Na lista dos sete itens, Deus inclui a mentira duas vezes. Aqui está relacionado a quem testemunha algo mentiroso  contra alguém. Pessoas que recebem pagamento para testemunhar falsamente.
Um dia, soldados romanos receberam dinheiro para falar falsamente a respeito da ressurreição do próprio Jesus Cristo. 
"Então Jesus disse-lhes: Não temais; ide dizer a meus irmãos que vão à Galiléia, e lá me verão. E, quando iam, eis que alguns da guarda, chegando à cidade, anunciaram aos príncipes dos sacerdotes todas as coisas que haviam acontecido. E, congregados eles com os anciãos, e tomando conselho entre si, deram muito dinheiro aos soldados, Dizendo: Dizei: Vieram de noite os seus discípulos e, dormindo nós, o furtaram. E, se isto chegar a ser ouvido pelo presidente, nós o persuadiremos, e vos poremos em segurança. E eles, recebendo o dinheiro, fizeram como estavam instruídos. E foi divulgado este dito entre os judeus, até ao dia de hoje". (Mateus 28.10-15)

Hoje acontece a mesma coisa. Muitas testemunhas são pagas para mentirem em audiências defendendo criminosos, acusando e prejudicando pessoas inocentes. 
Dentro das igrejas, membros e até mesmo obreiros sem temor algum, se levantam para testemunhar falsamente a fim de proteger alguém mais chegado, sem se preocupar em derrubar o irmão. Isso é abominável ao Senhor e não existe na Lei de Deus a possibilidade de alguém sair impune de uma atitude maldosa como esta. A pessoa pode até ter uma brecha na lei dos homens, mas na de Deus ela não vai encontrar. Se ela testemunhar falsamente contra a vida de uma pessoa, isso voltará para ela de uma forma brutal.
"Não faça declarações falsas e não seja cúmplice do ímpio, sendo-lhe testemunha mal-intencionada. Não acompanhe a maioria para fazer o mal”. (Êxodo 23.1-2)
Se você inventou uma calúnia contra alguém inocente. Se você falou que viu sem ver nada, julgar alguém só porque você deduziu alguma coisa, se você falou de alguém só porque ouviu alguém falar, isso é muito sério e aborrece a Deus. Mas se você um dia quiser ter vitória em sua vida, volte lá e conte a verdade senão você não terá a bênção de Deus.

7-Aquele que provoca (semeia) discórdia (contenda) entre irmãos.
Esta atitude é para o Senhor a mais grave, é a atitude que o Senhor abomina, a pior de todas as outras. Mas por quê? Porque a pessoa que semeia contenda entre irmãos, que tem o prazer em ver “o circo pegar fogo”, está completamente desviada da verdade e já cedeu seu coração totalmente ao inimigo. A contenda gera ódio, rancor, amargura e destrói a vida das pessoas que estão envolvidas. É por tudo isso que o Senhor abomina tal ação.
Fala mal do irmão, fala mal do pastor, fala mal da igreja e depois se passam como santa. Promove  a contenda e a discórdia e ainda quer  sair de boazinha.
Está escrito em 1 Samuel 15:23 que a rebelião é como a feitiçaria. Rebelião, discórdia, contenda são atitudes que o Senhor abomina. Satanás provocou uma rebelião no céu e ainda colocou um terço dos anjos contra Deus, por isso Deus os lançou fora de Sua presença.
"Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado, até que se achou iniqüidade em ti. Na multiplicação do teu comércio encheram o teu interior de violência, e pecaste; por isso te lancei, profanado, do monte de Deus, e te fiz perecer, ó querubim cobridor, do meio das pedras afogueadas". (Ezequiel 28:15,16). E a sua cauda levou após si a terça parte das estrelas do céu, e lançou-as sobre a terra (Apocalipse 12:4)

Hoje nas igrejas ainda se vê isso entre alguns irmãos. O semeador provoca a rebelião e quando sai do ministério ainda leva alguns dos irmãos com ele. Evite fazer contendas. Elas são fáceis a começar, difíceis de terminar e muitas das vezes acabam em morte espiritual e até física. Quantas vezes você já fez alguém chorar?
Não devemos aborrecer o nosso Deus  praticando qualquer destas coisas tão abomináveis para Ele. Lembremos de Pv 15:3 “Os olhos do Senhor estão em todo lugar, contemplando os maus e os bons”.
A palavra para nós é a seguinte:  “Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor”. Hb. 12.14; e “Bem aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus. Bem aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus. Mt. 5.8-9

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Você sabia?

Existem na Bíblia dois Salmos exatamente iguais veja quais são:
R: O Salmo 14 é igual ao Salmo 53.
A Bíblia faz menção a um livro que nós não conhecemos.
R: O nome do livro é: Livro das Guerras do Senhor. (Número 21.14).

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

As águas amargas de Jericó ficam doces


Alguns homens da cidade foram dizer a Eliseu: "Como podes ver, esta cidade está bem localizada, mas a água não é boa e a terra é improdutiva". E disse ele: "Ponham sal numa tigela nova e tragam-na para mim". Quando a levaram, ele foi à nascente, jogou o sal ali e disse: "Assim diz o SENHOR: Sararei a estas águas; e não haverá mais nelas morte nem esterilidade".
E até hoje a água permanece pura, conforme a palavra de Eliseu.
2 Reis 2:19-22

O profeta Eliseu estava em Jericó, e os habitantes daquela cidade foram até o profeta e  lhe apresentam um problema existente naquele lugar; eles falaram que a localização da cidade era boa, mas as águas eram amargas e sua terra era estéril.
A cidade de Jericó era bem localizada, a terra era boa, mas após a queda de seus muros e a sua total destruição, Josué amaldiçoou aquele lugar: A cidade, com tudo o que nela existe, será consagrada ao Senhor para destruição (Josué 6:17). Naquela ocasião Josué pronunciou este juramento solene: "Maldito seja diante do Senhor o homem que reconstruir esta cidade de Jericó: "Ao preço de seu filho mais velho lançará os alicerces da cidade; ao preço de seu filho mais novo porá suas portas! " (Josué 6:26). Durante o seu reinado, Hiel, de Betel, reconstruiu Jericó. Lançou os alicerces à custa do seu filho mais velho, Abirão, e instalou as suas portas à custa do seu filho mais novo, Segube, de acordo com a palavra que o Senhor tinha falado por meio de Josué, filho de Num. (1 Reis 16:34).
Com a maldição, a água se tornou amarga e a terra estéril. Tudo era bom ali, mas a água não era. Tinha tudo para dar certo o lugar, mas sem água a lavoura não desenvolvia, não tinha viço, o que se plantava morria, não havia vida. As pessoas adoeciam e morriam, porque podemos até passar sem comer, mas sem água não conseguimos viver. 

Talvez muitos estão assim hoje, estão em um bom local, freqüentam uma boa igreja, recebe uma boa palavra, mas o coração está árido, infrutífero, os pensamentos que chegam à mente é: vou desistir... vou desanimar... vou desviar. Talvez você é vítima de alguma maldição lançada ou uma maldição hereditária e daí vem o seu sofrimento. Na família há divisão e separação, não produz como deveria no trabalho, na obra de Deus não dá frutos, está secando dia após dia pois a água (o espírito) que está alimentando não é o Espírito de Deus, mas um espírito ruim. O coração não está aberto para o espírito de Deus agir, mas um outro espírito tem dominado a mente, morrerá se não tomar uma atitude positiva.

Eliseu poderia ter dito que aquele problema não era problema dele e sim dos administradores do lugar, mas o homem de Deus foi lá na nascente e manifestou uma fé que mudaria a situação daquela água para sempre...(até hoje, como diz o texto bíblico).
E disse ele: "Ponham sal numa tigela nova e tragam-na para mim". Quando a levaram, ele foi à nascente, jogou o sal ali e disse: "Assim diz o Senhor: ‘Purifiquei esta água. Não causará mais mortes nem deixará a terra improdutiva’ ". E até hoje a água permanece pura, conforme a palavra de Eliseu. (2 Reis 2:20-22)

Eliseu não estava naquele lugar por acaso. Deus o havia colocado ali e através daquelas pessoas que levaram um sério problema para Eliseu, Deus queria honrá-lo. O ministério de Eliseu após o arrebatamento de Elias estava começando com porção dobrada. No mesmo dia ele usou a fé e o rio Jordão se abriu e agora ele havia sarado as águas daquela cidade conforme a sua palavra.

Deus pode mudar toda e qualquer situação. Mas Ele quer usar você para promover o milagre na vida de outras pessoas. A água na tua vida é o Espírito Santo com o poder transformador que atua dentro de você e em cada um de nós. Submeta-se a Ele porque somente Ele pode mudar sua história. Amém?.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

A Cura do Paralítico no Tanque de Betesda




João 5.1-15

Jesus subiu a Jerusalém para a festa dos judeus e chegou ao tanque de Betesda (Casa de misericórdia), que está próximo à porta das ovelhas, no lado norte da cidade. Este tanque tinha cinco entradas onde aglomerava uma grande multidão de enfermos e paralíticos, buscando uma única chance de serem curados do mal que os afligia tornando aquele lugar um lugar de competição, pois somente o primeiro a entrar no tanque é que receberia a cura. Imagine a confusão que acontecia naquele lugar na hora em que as águas eram agitadas! Mas se a Bíblia diz que Deus não é Deus de confusão e sim de paz (1 Coríntios 14.33), então o que realmente acontecia naquele lugar? Será que não era uma estratégia dos judeus para afastar os enfermos da sociedade e deixar a cidade  de uma certa forma, "limpa"? Será que não era apenas uma crendice religiosa? Não se vê em nenhum outro local da Bíblia, anjos movendo águas e enfermos sendo  curados.

Havia ali um homem paralítico há 38 anos. E o que é pior, não apenas ele, mas uma multidão de enfermos, sofrendo em volta dos cinco pavimentos daquele tanque. Estavam ali agrupados, esperando que um anjo descesse e movesse as águas. O pior de tudo, é que o mover até que vinha, mas não era o suficiente porque diz o texto bíblico que apenas um conseguia entrar nas águas e ser curado; e os outros continuavam tão enfermos quanto antes, esperando o próximo mover que ninguém sabia quando viria. Mas Jesus foi lá e andou entre eles, mas eles não estavam esperando por Jesus; eles não queriam Jesus, não queriam um homem normal. Ninguém havia falado para eles a respeito das profecias. Eles não esperavam o Messias. Eles esperavam o anjo, por isso, não sabiam que Deus estava andando e se movendo entre eles.

A Bíblia diz que haviam 5 entradas de acesso ao tanque, mas durante todo o tempo em que este paralítico esteve naquele lugar, nunca conseguiu passar por nenhuma das cinco entradas. Então ele se acomodou. O fato é que além da doença física, ele estava com uma doença muito pior: A doença da alma. Uma doença emocional que afeta muitas pessoas nos dias de hoje e que leva a pessoa a se tornar um paralítico emocional. Faz exames e não dá nada. Elas não percebem que isso é uma artimanha do inimigo para deixá-las perturbadas, abatidas, carentes, caídas, decadentes,  doentes, destruídas e paralítica. Começam a se sentirem rejeitadas, excluídas, incapazes e infelizes. Precisamos aprender a lidar com os problemas do dia a dia, problemas desgastantes, batalhas  constantes, situações adversas que levam pessoas  ou famílias ao caos.

O paralítico chegou ali porque acreditava que um dia seria curado, mas como isso não aconteceu, ele gradativamente se entregou aquela situação por não ter forças para lutar e nem atitude de mudança e naquele estado de abandono permaneceu deitado na cama por longos 38 anos.

Porque tantas pessoas foram curadas e ele não?
Aconteceu com esse homem o que acontece com muitos hoje em dia. Estão acomodados com a mesma situação, falam dos mesmos problemas, lamentam as mesmas coisas, esperam que algo aconteça mas não tomam uma atitude diferente, estão sem perspectiva, se entregam às situações da vida. Abatem-se com isso ou com aquilo; decepcionam-se  com facilidade porque esperam mais das pessoas do que de Deus. O grande perigo é que estas pessoas vão se entregando aos poucos até se tornarem inertes, sem sonhos, desmotivadas, não acreditam mais em nada e nem em si mesmas e desenvolvem espírito de auto piedade e pena de si mesmas.

Jesus aproveitou a Festa dos Judeus mas na realidade Ele queria mesmo era libertar o paralítico de seu mal. Então, foi ao encontro daquele que por 38 anos esperava o mover das águas. Jesus não moveu as águas e nem fez nada aparentemente sobrenatural. Ele apenas fez uma pergunta: “QUERES SER CURADO”? Por que será que Ele perguntou ao paralítico se ele queria ser curado? Você já parou para pensar nisto? A pergunta talvez fosse desnecessária já que a resposta poderia ser deduzida logicamente.  No entanto Ele perguntou: “QUERES SER CURADO”?
O homem não respondeu a pergunta simples de Jesus. Ele apenas apresentou as razões que o impediam de ser curado.
"O enfermo respondeu-lhe: Senhor, não tenho homem algum que, quando a água é agitada, me ponha no tanque; mas, enquanto eu vou, desce outro antes de mim." (João 5.7)
Mas Então Jesus lhe deu uma ordem: "Levanta-te, toma o teu leito e anda."
Deus não age por dó, Ele age por fé.
O Senhor falou firme com ele: LEVANTA, PEGUE A SUA CAMA E ANDA!

Aquele homem foi curado! E as águas nem foram movidas. Nenhum anjo apareceu ali para mover as águas para ele. Jesus é Poderoso, tudo que existe, existe por causa dEle e sem Ele nada do que foi feito se fez. Ele é o Verbo de Deus.
Quando Jesus vê que estamos precisando de ajuda, Ele vem ao nosso encontro mas o problema de não vivermos o milagre, é porque nossos olhos não estão no Senhor Jesus. Eles estão no homem, nos ídolos, por isso são ofuscados e desviados do verdadeiro Senhor.
Infelizmente a Bíblia fala apenas da cura daquele homem no tanque de Betesda. Ninguém mais foi curado naquela ocasião. O Senhor   estava lá andando no meio deles, mas eles não perceberam Jesus...
Então lhe perguntaram: "Quem é esse homem que lhe mandar pegar a maca e andar?"
O homem que fora curado não tinha ideia de quem era Ele, pois Jesus havia desaparecido no meio da multidão.
(João 5:12,13)

Há um perigo muito grande quando não vemos Jesus, e deixamos Jesus ir embora sem que Ele seja percebido.
Quais são suas expectativas? Onde estão seus olhos? Não espere por coisas incertas. Os enfermos de Betesda não estavam esperando por Jesus, eles estavam esperando pelo anjo, eles só acreditavam no anjo. Espere no Senhor, creia no Autor e Consumador da nossa fé, pois somente Ele tem o poder de curar toda a enfermidade, quebrantar coração, libertar o cativo e tirar toda opressão.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Jefté, de Rejeitado à Juiz em Israel


Texto: Juízes 11:1-11

Esta é a história de Jefté, um homem valente, guerreiro, mas que carregava consigo o peso de ter nascido de uma prostituta. A situação de Jefté era muito difícil! Gileade coabitou com uma prostituta (cananéia) e desse relacionamento nasceu Jefté. Gileade era casado com uma mulher que ainda não havia lhe dado filhos, visto que Jefté era primogênito. Depois do nascimento de Jefté, a esposa de Gileade lhe deu filhos e Jefté mesmo sendo criado pelo pai, nunca foi aceito na familia. Os irmãos deste cresceram e o rejeitaram. Por causa da ganância que tinham pela herança, e para não dar nada a Jefté, os irmãos o expulsaram de casa, sem nada..sem um tostão sequer. Na época, Jefté não tinha entendimento de que ele por ser o primogênito de Gileade, tinha direito à herança, como fora estabelecido por Deus, como bênção do primogênito, como lemos a seguir:

"Se um homem tiver duas mulheres e preferir uma delas, e ambas lhe derem filhos, e o filho mais velho for filho da mulher que ele não prefere, quando der a herança de sua propriedade aos filhos, não poderá dar os direitos do filho mais velho ao filho da mulher preferida, se o filho da mulher que ele não prefere for de fato o mais velho.
Ele terá que reconhecer o filho da mulher que ele não prefere como filho mais velho, dando-lhe porção dupla de tudo o que possui. Aquele filho é o primeiro sinal da força de seu pai e o direito do filho mais velho lhe pertence".
Deuteronômio 21:15-17

Jefté, não tinha valor nenhum para seus irmãos gananciosos; a única coisa que importava para eles era a divisão de bens. Mas mesmo que a família de Jefté não se importasse com ele, Deus se importava e já estava elaborando um plano para honrá-lo e exaltá-lo. O Senhor nunca abandona aquele que O teme e que confia e espera nEle.

Jefté tinha tudo pra se tornar um marginal miserável, amargurado e decadente. A vida dele era muito difícil. Sem uma estrutura familiar, fruto de prostituição, rejeitado pelos irmãos, humilhado, ferido emocionalmente e expulso do seio de sua família, lançado na rua à própria sorte sem nenhum bem para se manter. Eu imagino o seu emocional debilitado, fragilizado, amargurado, mas eu aprendo na palavra de Deus que Jefté não desistiu de lutar, ele continuou um guerreiro, valente! A Bíblia diz que ele foi embora para Tobe e se uniu a homens vadios, levianos que estavam lá também rejeitados pela sociedade, sem nenhum objetivo na vida, e ele foi vivendo a vida dele, mas vivendo em um alto nível, sabe por que? Porque com o pouco que ele tinha ele se fez conhecido. Ele não tinha nada; ele não tinha família, ele não tinha pessoas confiáveis do lado dele, ele não tinha herança, mas tinha a vontade de vencer. Ele ensinou e preparou aqueles homens formando um exército para guerrear em futuras batalhas. Jefté transformou homens vadios em homens corajosos, valentes e guerreiros. E sua fama crescia, e o Espírito do Senhor estava com ele (v29) lhe dando vitória em tudo.

Muitos estão hoje na criminalidade; no mundo das drogas, porque foram rejeitados ou foram desprezados pelo próprio pai ou pela mãe. Tornaram-se bandidos por pensarem que não tiveram uma chance ou uma oportunidade na vida. São pessoas com história de dor (da alma, da rejeição, de não ser aceito), algo como a historia de Jefté. Mas a história de Jfté mostra que mesmo quando uma pessoa é rejeitada, desprezada e expulsa da família, se o caráter dela for formado no temor de Deus, ela não vai se lançar no mundo da criminalidade, ao contrário, ela  decide se tornar um vencedor. Uma pessoa assim não desiste facilmente e luta mesmo que as circunstâncias sejam desfavoráveis (ele era filho da prostituta), aí então ela vencerá porque a bênção do Senhor estará sobre ela. O que aconteceu a Jefté tinha o poder de afetar e debilitar o emocional de qualquer pessoa; de fazer dela uma pessoa doente emocionalmente. Ele viveu isso. Ataques que vão direto na alma. Ele não pode contar com o  pai, com a mãe,e nem com os irmãos, pois esses o expulsaram de casa sem que ele tivesse para onde ir. Ele não se tornou guerreiro valente, ele já era um guerreiro valente não por saber liderar, empunhar uma espada e lutar muito bem, mas pela capacidade de trabalhar suas emoções e vencer sentimentos que poderiam ter destruído a sua vida.  Jefté superou os sentimentos que poderiam derrotá-lo. Ele conseguiu reagir a tudo aquilo.

Algum tempo depois, quando os amonitas entraram em guerra contra Israel, os líderes de Gileade foram buscar Jefté em Tobe.
"Venha", disseram. "Seja nosso comandante, para que possamos combater os amonitas. "
Disse-lhes Jefté: "Vocês não me odiavam e não me expulsaram da casa de meu pai? Por que me procuram agora, quando estão em dificuldades?"
"Apesar disso, agora estamos apelando para você", responderam os líderes de Gileade. "Venha combater conosco os amonitas, e você será o chefe de todos os que vivem em Gileade." Jefté respondeu: "Se vocês me levarem de volta para combater os amonitas e o Senhor os entregar a mim, serei o chefe de vocês?"
Os líderes de Gileade responderam: "O Senhor é nossa testemunha; faremos conforme você diz". (Juízes 11:4-10)

A fama de Jefté cresceu tanto que quando os amonitas levantaram guerra contra Israel, os anciões de seu pai, foram buscá-lo em Tobe porque não tinha ninguém que fosse capaz de enfrentar os amonitas. Os anciões o colocaram como cabeça, como comandante entre eles. Jefté saiu de Mispa humilhado, rejeitado, o filho da prostituta, como cauda; mas voltou como cabeça, líder, comandante do exército de Israel, e ele foi juiz em Israel por 6 anos.

É assim que Deus faz. Ele levanta o abatido do pó e do monturo. Ele tira do calabouço  e o faz sentar-se nos lugares altos.

a sua história não termina em derrota. Deus tem o melhor para você. Se você não desistir e lutar até o fim, você será colocado como cabeça e a bênção do Senhor estará sobre sua vida.

Amém?

Seja Bem Vindo!

Seja bem vindo!
É um prazer ter você em meu blog. faça o seu comentário, deixe a sua mensagem.