segunda-feira, 14 de maio de 2018

ESTÁ CONSUMADO

As últimas palavras de Jesus na cruz foram: "ESTÁ CONSUMADO". (Ou seja; está resolvido). A seguir Ele curvou a cabeça e entregou o espírito". (João 19:30)

Pergunta: Que dívida Jesus devia que teve que pagar na cruz? Que pena de morte era essa que Ele cumpriu até o final? 
Resposta: A minha dívida e a minha pena. Ao morrer na cruz, aquele que não tinha pecado, jamais pecou e era incapaz de pecar, foi feito pecado em meu lugar. Ali os meus pecados foram colocados sobre ele e Deus o julgou como se estivesse julgando a mim.

Que as nossas escolhas, atitudes, decisões, etc, nos leve ao caminho do céu, que é através de Jesus, para que a Sua morte não tenha sido em vão em nossas vidas.

terça-feira, 8 de maio de 2018

Recuperando o que foi perdido



No capítulo 15 do Evangelho de Lucas, Jesus narra três parábolas falando de algo que se perdeu mas que foi recuperado e ao recuperar é dada uma grande festa repleta de alegria.

1- Na Parábola da  Ovelha perdida (Lc 15.3-7) - "Qual de vocês que, possuindo cem ovelhas, e perdendo uma, não deixa as noventa e nove no campo e vai atrás da ovelha perdida, até encontrá-la? E quando a encontra, coloca-a alegremente sobre os ombros e vai para casa. Ao chegar, reúne seus amigos e vizinhos e diz: ‘Alegrem-se comigo, pois encontrei minha ovelha perdida’. Eu lhes digo que, da mesma forma, haverá mais alegria no céu por um pecador que se arrepende do que por noventa e nove justos que não precisam arrepender-se".

Nesta parábola vemos que Deus não desiste dos que dele se afastam. Ele sempre vai em busca da ovelha perdida. Jesus não desiste de você.

2- Na Parábola da Dracma Perdida (Lc 15.8-10)Ou qual a mulher que, tendo dez dracmas, se perder uma dracma, não acende a candeia, e varre a casa, e busca com diligência até a achar? E achando-a, convoca as amigas e vizinhas, dizendo: Alegrai-vos comigo, porque já achei a dracma perdida. Eu lhes digo que, da mesma forma, há alegria na presença dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende".

A dracma no tempo de Jesus era uma moeda de prata de pequeno valor comercial que correspondia ao valor de um dia de trabalho de um trabalhador comum. A dracma perdida desta parábola tinha um valor espiritual e representava uma aliança. A mulher comprometida usava na testa um colar formado por dez moedas de prata e perder  uma destas moedas significava colocar em risco a sua fidelidade ao compromisso firmado. 
Jesus usou a figura da dracma para ensinar que não devemos nos conformar com perdas de nenhum valor mesmo que seja pequena. A perda desta dracma aconteceu dentro de casa. Há valores preciosos que nós como família, devemos guardá-los com zelo. Esses valores são: o respeito, o carinho, o amor, a paciência, a compreensão, a dedicação, o serviço, a harmonia, a paz, o diálogo, o perdão para com o outro e etc. Mas além desses valores, há também os valores espirituais tais como: a oração, a santidade,  o amor ao próximo, a leitura da palavra, o louvor e gratidão a Deus, o jejum, o tempo para Deus, etc. A questão é; qual desses valores, estão perdidos em sua vida?
Temos também as dracmas do Espírito que o Fruto do Espírito: Mas o fruto do Espírito é amor (caridade), alegria (gozo), paz, paciência (longanimidade) , amabilidade (benigdade) , bondade, fidelidade (fé), mansidão e domínio próprio (temperança) -  (Gálatas 5:22,23) - a décima dracma é o Senhor Jesus Cristo. A dracma mais importante que temos é Jesus Cristo, mas quantos tem perdido Jesus dentro de casa? Não podemos perder Jesus em nossa vida.
A mulher não se conformou com a perda e teve as seguintes atitudes:

2.1. Acendeu a candeia.  As casas desta época não tinham muitas janelas, por isso o ambiente era escuro. A atitude de alguém que vai procurar alguma coisa perdida, é primeiro iluminar o ambiente para enxergar melhor. Jesus é a nossa luz. Ele disse: “Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida". (João 8.12). Acender a luz é trazer Jesus para dentro de nossa casa, de nosso coração, de nossa alma.

2.2- Varreu a casa - O ato de varrer significa tirar a sujeira. Sob a luz que é Jesus, todas as sujeiras escondidas começam a aparecer.  A mulher começou uma verdadeira faxina dentro de "casa". Para se encontrar um valor que se perdeu, precisamos ter a coragem de mexer  nos entulhos do passado que estão guardados dentro de nossa mente e dentro de nosso coração. Não tenha medo de mexer na ferida que aparentemente estava cicatrizada, mas que quando torna a mexer provoca a dor; o processo às vezes se torna doloroso, porém é preciso remover a casca que abafa a ferida e a faz "parecer cicatrizada" para que venha a cura completa e recupere  a saúde, a paz e a alegria É preciso voltar lá no passado para remover  estes entulhos que tem sido obstáculos na nossa caminhada com Deus:  "Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor. Lembra-te, pois, de onde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras;..". (Apocalipse 2:4-5) O desejo do Senhor é que tiremos da nossa vida tudo que não O agrada e isso só é possível se nos voltarmos aos princípios da Palavra.  

2.3. Procurou diligentemente, até encontrar. - Seja perseverante. Estamos sujeitos a perder valores materiais, espirituais e sentimentais. Mas não devemos aceitar estas perdas. Temos que vasculhar cada canto de nossa casa e remover tudo do lugar se for preciso.
Não aceite perder seus valores, sua comunhão com Deus. Você tem um grande valor para Deus. Ele não desiste de amar você. Ele mesmo tomou todas as medidas para buscar você. 

2.4. Convidou as amigas e as vizinhas para festejar. - Há festa no céu quando um pecador se arrepende e quando o perdido é encontrado; também há alegria na nossa família quando os tesouros que perdemos dentro da nossa casa são encontrados.

O interessante é que no tempo que o povo de Israel tinha as dez dracmas, Deus abriu o Mar Vermelho para ele passar com pés enxutos; Deus levantou menino para matar o gigante Golias com apenas uma pedra e uma funda; Deus tirou água da rocha; Deus ressuscitou morto de 4 dias; Israel vencia as lutas, Deus enviou o maná e o Profeta não passava fome porque Deus levantava viúva para alimentá-lo.

3- Na Parábola do Filho Pródigo (Lc 15.11-32) - (Pródigo=esbanjador de oportunidades).
Um homem tinha dois filhos. O mais novo disse ao seu pai: ‘Pai, quero a minha parte da herança’. Assim, ele repartiu sua propriedade entre eles. "Não muito tempo depois, o filho mais novo reuniu tudo o que tinha, e foi para uma região distante; e lá desperdiçou os seus bens vivendo irresponsavelmente. Depois de ter gasto tudo, houve uma grande fome em toda aquela região, e ele começou a passar necessidade. Por isso foi empregar-se com um dos cidadãos daquela região, que o mandou para o seu campo a fim de cuidar de porcos. Ele desejava encher o estômago com as vagens de alfarrobeira que os porcos comiam, mas ninguém lhe dava nada. "Caindo em si, ele disse: ‘Quantos empregados de meu pai têm comida de sobra, e eu aqui, morrendo de fome! Eu me porei a caminho e voltarei para meu pai, e lhe direi: Pai, pequei contra o céu e contra ti. Não sou mais digno de ser chamado teu filho; trata-me como um dos teus empregados’. A seguir, levantou-se e foi para seu pai. "Estando ainda longe, seu pai o viu e, cheio de compaixão, correu para seu filho, e o abraçou e beijou.

As vezes uma pessoa está bem na igreja, bem no trabalho, bem com a família, mas de repente algo vira sua cabeça e ela passa ver problema no lugar em que está e resolve abandonar a família e tudo o que o Senhor colocou em suas mãos, partindo para uma vida desregrada, perde tudo o que conquistou e passa a viver uma vida de fracasso total. Antes a vida era boa, tinha uma boa família, um bom trabalho, uma ótima casa, mas nada disso bastava.
O jovem estava na casa do pai, tinha de tudo mas  queria viver uma vida desraigada. Quando perdeu tudo e se deparou numa situação  completamente ruim, ele desejou comer até a ração dos porcos. Humilhado, ele caiu em si,  houve um arrependimento e voltou para o pai, que o recebeu de braços abertos e com uma grande festa.
Deus é Deus de oportunidades. Todos os dias Ele nos dá uma nova oportunidade para nos consertamos, arrependermos e voltarmos para Ele. Deus se alegra com a volta dos filhos que dele se afastam e quando eles voltam, Deus faz uma festa.

Conclusão:  O capítulo 15 do Evangelho de Lucas fala a respeito dos PERDIDOS e ACHADOS. Observe a estratégia que o Senhor Jesus usa para que venhamos compreender o valor singular do que foi perdido. Primeiro o pastor perde uma ovelha em cem, 1 entre 100 = 1% do que possuía, depois a mulher perde uma moeda ente 10 = 10% do que possuía; e finamente a parábola do filho pródigo onde o pai perde o filho mais novo; 1 entre 2, ou seja; 50% da sua casa. Com Deus, foi seu único Filho, para resgatar milhões.



domingo, 1 de abril de 2018

Feliz Páscoa!

O maior “EU TE AMO” da história, foi dito em silêncio numa cruz, para provar que o AMOR VERDADEIRO é vivido e não falado.
AMOR É ATITUDE

segunda-feira, 26 de março de 2018

A mais ou a menos????

Pois pela graça que me foi dada digo a todos vocês: ninguém tenha de si mesmo um conceito mais elevado do que deve ter; mas, pelo contrário, tenha um conceito equilibrado, de acordo com a medida da fé que Deus lhe concedeu.
Romanos 12:3
Você se julga superior em tudo? Cuidado! Deus pode te abater.
Você se julga pequeno, menor que todo mundo? Você é o pequeno que fará coisas grandes na unção de Deus.
Portanto, humilhem-se debaixo da poderosa mão de Deus, para que ele os exalte no tempo devido. (1 Pedro 5:6)

quinta-feira, 15 de março de 2018

Para Refletir: Faca as coisas na direção de Deus

Não faça nada quando você não souber a direção e a decisão a tomar. Ore a Deus e deixe Ele te direcionar, pois pior do que ficar parado é se mover na direção errada e depois ter que arcar com as consequências de uma má escolha.

sábado, 3 de março de 2018

Deus é Pai

Esta palavra é para você, que se sente só, que parece que todo mundo lhe virou as costas ou pensa que Deus não está ouvindo a sua oração.
Às vezes parece que Deus se cala com relação ao nosso clamor, mas o silêncio de Deus não significa que Ele desistiu de te abençoar ou que está alheio ao seu sofrimento. Tenha a certeza que mesmo que pareça que Deus esteja em silêncio, Ele está trabalhando em favor daqueles a quem Ele ama, E Ele te ama! Você é especial para Ele! Portanto, se você está passando pelo silêncio de Deus, esta palavra é para você mesmo; e Deus te diz neste momento:
"Não temas Eu sou contigo e tenho visto as tuas lutas, tenho visto a tua aflição e tenho ouvido o teu gemido... Acalma o teu coração porque Estou trabalhando em teu favor.. Tão somente creia e tu verás a minha glória, porque Eu, o Senhor, te fiz uma promessa, fiz aliança contigo e não Sou homem para mentir e nem filho do homem para me arrepender. Espere com paciência e Eu te mostrarei que Eu sou o Senhor!"
 
Tão somente creia, pois o nosso Deus tem cuidado de nós; Ele vela e zela pelos os seus filhos, porque Ele é Pai.

sexta-feira, 2 de março de 2018

Não Temas porque Deus te Ajuda

´"Porque eu, o SENHOR teu Deus, te tomo pela tua mão direita; e te digo: Não temas, eu te ajudo." (Isaías 41:13)

Quando os problemas nos atingem, imaginamos que Deus nos abandonou, mas Deus não te abandona jamais. Se você estiver passando por momentos difíceis, lutas, tribulações, tempestades, seja na vida sentimental, familiar, financeira, alguma doença, não temas! Deus está te contemplando e te testando.. São testes para exercitar a sua FÉ, e você só precisa CONFIAR e CRER.
Deus vai te honrar nesta terra! Ele vai te exaltar quando todos tentarem te humilhar. Envergonhará o teu inimigo, aquele que vier contra ti Ele fará recuar. Não temas quando o inimigo te ameaçar. Deus é Deus para te livrar. Deus enxugará as tuas lágrimas, aplainará os teus caminhos e abrirá o mar para você passar.
Muitas das vezes esquecemos quem é o Deus a quem servimos; esquecemos quem Ele é, mas a Palavra nos declara que Ele é o mesmo, ontem, hoje e eternamente. Que Nele, não há mudanças nem sombra de variação.(Tg 1: 17)

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

Os justos florescerão como a palmeira



Os justos florescerão como a palmeira, crescerão como o cedro do Líbano; plantados na casa do Senhor, florescerão nos átrios do nosso Deus. Mesmo na velhice darão fruto, permanecerão viçosos e verdejantes, para proclamar que o Senhor é justo. Ele é a minha rocha; nele não há injustiça.
(Salmos 92:12-15)

Há pelo menos três pontos importantes que acontecem quando uma palmeira está crescendo. É interessante analisar esses pontos, comparando-os com o crescimento que deve também existir na vida do cristão. Vejamos:

Primeiro: A palmeira só cresce se estiver viva. Para estar viva, precisa ter suas raízes profundamente estabelecidas no solo para dali extrair a seiva preciosa para a sua vida. Assim, para estar vivo, o cristão precisa ter suas raízes estabelecidas em Cristo Jesus. É em Sua Palavra, a Bíblia Sagrada, que deverá aprofundar suas raízes de conhecimento. Assim, será bem alimentado e nutrido para crescer forte e sadio na vida espiritual.

Segundo: Toda a palmeira viva cresce e floresce. As flores são as coisas mais belas e atraentes da natureza. O perfume e as cores das flores têm por objetivo atrair a atenção dos insetos que, à procura de alimento, acabam por operar o maravilhoso trabalho da polinização, tornando as plantas produtivas. O cristão que cresce tem que florescer. Ele é o perfume e a beleza de Cristo expostos diante do mundo. Ele tem que ser uma atração positiva e produtiva na sociedade em que vive.

Terceiro:  A palmeira viva dá frutos. Toda pessoa que foi salva pela graça de Cristo e que foi transformada por Seu amor, deixa de produzir os frutos da carne – "Prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçaria, ódio, discórdia, ciúmes, ira, egoísmo, dissensões, facções e inveja; embriaguez, orgias e coisas semelhantes;  e, passa a produzir o fruto do Espírito, que é o "Amor, gozo, paz, alegria, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio".  (Gálatas  5:19-22.) Esses bons frutos são produzidos por aqueles que têm suas raízes aprofundadas em Cristo e em Sua Palavra.

Não é a árvore que sustenta a raiz. É a raiz que sustenta a árvore. Não quebre os seus princípios.

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Acervo Jornal do Brasil

Todos os Jornais do Brasil do século XX
QUER VER O JORNAL DO DIA EM QUE VOCÊ NASCEU?  
NãO APENAS A CAPA, MAS O JORNAL INTEIRO.
VOCÊ PODE AUMENTAR A PáGINA, FOLHEAR O JORNAL E ATÉ IMPRIMIR.
O EXTINTO JORNAL DO BRASIL FOI O úNICO JORNAL BRASILEIRO A SER TODO DISPONIBILIZADO NA INTERNET.
O formato de data é primeiro o mês//dia// ano.
Exemplo: 1º de dezembro 2010 = 12/01/2010
Boa Leitura

https://news.google.com/newspapers?nid=0qX8s2k1IRwC&dat=19920614&b_mode=2


segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

O Velho, o Garoto e o Jumento


Um pai, andava pelas ruas com seu filho e um jumento.

O pai ia montado no animal, enquanto o filho o conduzia puxando o burrico  por uma corda.

Uma pessoa passou perto e disse:
-  Pobre criança! Tão pequena e se esforçando  tanto! Como o pai pode ficar montado em cima do burro, vendo o menino sofrendo  de  tanto  correr?

O  pai levou a sério a observação, desmontou do animal  na esquina seguinte e colocou o menino em cima da sela. Não demorou  muito, uma outra pessoa passou e falou:
- Que absurdo! O menino vai sentado, feito um rei, enquanto seu velho pai  corre ao lado.

Esse  comentário magoou o menino, e então  ele pediu ao pai que montasse junto com ele no burro.
Depois de virarem uma outra esquina, uma mulher que passou, e indignada disse:
-  Que crueldade com o animal! Onde já se viu uma coisa dessas? O lombo  do pobre jumento já está envergando. Como pode esse velho e seu  filho usarem o animal, como se ele fosse um sofá? Pobre bicho!

O pai e o filho se olharam e, sem dizer uma palavra, desceram do jumento.  Mas, logo em seguida, um homem passou falando:
-  Graças a Deus não nasci tão otário assim! Por  que vocês dois conduzem esse jumento se ele não lhes presta serviço  algum, se nem mesmo serve de montaria para um de vocês?

O  pai colocou um punhado de palha na boca do jumento, pôs a mão  sobre o ombro do filho e disse:
-  Independentemente do que fizermos, sempre haverá alguém discordando  da nossa atitude. Acho melhor nós mesmos determinarmos o que é correto.

LIÇÃO  DE VIDA:


Não determine a sua vida pela opinião dos outros, pois você nunca  vai conseguir agradar a todos.

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

A AMANTE...

A AMANTE...
Simplesmente Formidável!!!

Alguns anos depois que nasci, meu pai conheceu uma estranha, recém-chegada à nossa pequena cidade.
Desde o princípio, meu pai ficou fascinado com esta encantadora novata e, em seguida, a convidou pra morar com gente. A estranha aceitou e, pasmem, minha mãe também.
Enquanto eu crescia, na minha mente jovem, ela já tinha um lugar muito especial.
Minha mãe me ensinou o que era bom e o que era mau e meu pai me ensinou a obedecer.
Mas a estranha era mais forte, nos encantava por horas falando de aventuras e mistérios.
Ela sempre tinha respostas para qualquer coisa que quiséssemos saber.
Conhecia tudo do passado, do presente e até podia predizer o futuro! O chato é que não podíamos discordar dela. Ela sempre tinha a última palavra.
Foi ela quem levou minha família ao primeiro jogo de futebol.
Fazia a gente rir e chorar.
A estranha quase nunca parava de falar, mas o meu pai a amava. Tinha até ciúmes.
Muitas vezes a levava pro quarto e dormia com ela. Minha mãe não gostava, mas aceitava.
Agora me pergunto se minha mãe teria rezado alguma vez para que ela fosse embora.
Meu pai dirigia nosso lar com fortes convicções morais, mas a estranha não se sentia obrigada a segui-las.
As brigas, os palavrões em nossa família não eram permitidos nem por parte de nossos amigos ou de qualquer um que nos visitasse.
Entretanto, ela usava sua linguagem inapropriada que às vezes queimava meus ouvidos e que fazia meu pai e minha mãe se ruborizar.
Meu pai nunca nos deu permissão para tomar álcool e fumar, mas ela nos incentivava, dizia que isto nos destacava na sociedade.
Falava livremente (talvez demasiado) sobre sexo. Agora sei que meus conceitos sobre relações foram influenciados fortemente durante minha adolescência por ela.
Muitas vezes a gente a criticava, mas ela não se importava e não ia embora da nossa casa. Mas também a gente era conivente com toda esta situação.
Passaram-se mais de cinqüenta anos desde que a estranha veio para nossa família.
Desde então ela mudou muito, mas ainda continua jovem, prática, bonita e elegante.
Esta lá em casa, tranqüila, esperando que alguém queira escutar suas conversas ou dedicar seu tempo livre a fazer-lhe companhia, admirá-la.

Seu nome?

*Chamamos ela de TELEVISÃO! Mais conhecida por TV.
Agora ela arranjou um marido que se chama *COMPUTADOR*, e tiveram um filho que se chama *CELULAR*, e um netinho de nome *TABLET.*
A estranha agora tem uma família.

 E a nossa?


domingo, 24 de dezembro de 2017

O CONVITE DE JESUS


Disse Jesus Cristo: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve” . (Mateus 11.28-30)

1. MOTIVO DO CONVITE DE JESUS:

A) Para sermos seus seguidores e estarmos sempre com Jesus – “Vinde a mim... Todo o que vem a Mim de maneira nenhuma o lançarei fora” – Mateus 11.28 e João 6.37.
B) Para aprendermos a viver corretamente com Ele – “... e aprendei de mim... porque sem mim nada podeis fazer” – v29 e João 15.5.
C). Para O seguirmos na eternidade, no Paraíso Celestial – “E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso” – v28 e Lucas 23.43.


2. PARA QUEM É O MARAVILHOSO CONVITE DE JESUS CRISTO?

A). Para todas as pessoas de forma geral – “Vinde a mim todos...” “Deus quer que todos os humanos se salvem, e venham ao conhecimento da verdade” – v28 e 1 Timóteo 2.4.
B). Mas é especificamente para os que estão cansados e oprimidos, pois eles estão mais sensíveis para ouvir a voz do Senhor Salvador – “Eis que estou à porta, (do coração) e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo” – v29 e Apocalipse 3.20.
(POR QUE) JESUS TE AMA.

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

DEUS VAI NOS CONDUZIR PELO CAMINHO QUE EXALTARÁ A SUA GLÓRIA.

O livro de Êxodo registra a história do povo de Israel quando Deus os tirou da escravidão do Egito. Em Êxodo conhecemos e aprendemos com este povo: seus atos louváveis, seus erros e os castigos sofridos por eles, quando desobedeciam a Deus.

Vejo que Deus poderia ter conduzido este povo pelo caminho mais perto, mas ao contrário, Ele os conduziu pelo caminho mais longo; e isso já é o bastante para entendermos que nem sempre DEUS VAI NOS CONDUZIR PELO CAMINHO MAIS FÁCIL, MAS ELE NOS CONDUZIRÁ PELO CAMINHO QUE EXALTARÁ A SUA GLÓRIA.
(Ex. 13:17-18)

Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos, os meus caminhos, diz o SENHOR. Porque, assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos, mais altos do que os vossos pensamentos. (Is. 55:8-9)


Então, se você está indo pelo CAMINHO, que é JESUS, alegre-se, pois você está no caminho mais árduo, mais cheio de lutas porém que vai te levar a VIDA ETERNA.

domingo, 10 de dezembro de 2017

Deus Vai te Honrar e Te Abençoar Neste Lugar Seco




Gênesis 26.1-6, 12-19

A terra estava passando por uma crise, não tinha água, uma seca muito grande, a lavoura havia ficado estéril; os animais e pessoas morrendo; tudo que se plantava não nascia, pois nada produz na seca. O solo estava tão estéril e seco que estava arriscado  semear milho e imediatamente o milho virar pipocas. O momento que Isaque estava vivendo era um dos mais difíceis de sua vida. Houve uma seca dessa nos dias de Abraão seu pai. Então Isaque resolve descer para o Egito, lugar de fartura e riquezas fáceis. Mas os planos de Deus para Isaque é outro. Isaque era conhecido só como: O filho de Abraão...Mas o Senhor queria honrar a Isaque, fazer com que ele  saísse da sombra de seu pai Abraão e fosse conhecido pela sua própria história e tivesse suas próprias experiências com o Senhor.
É muito bom conhecer a Deus pelos testemunhos que outras pessoas contam, pela história que outras pessoas viveram, mas é muito melhor conhecer a Deus pelos nossos próprios testemunhos e experiências.

Isaque resolve descer ao Egito, mas o Senhor lhe aparece e diz: Não. Não desças ao Egito; habita na terra que eu te disser (v2).  Fique na terra de Gerar, me obedeça e eu vou te abençoar. Eu serei contigo. Assim habitou Isaque em Gerar. (v6 ) Isaque não discute, não questiona, ele simplesmente obedece.
Muitas pessoas quando passam por alguma crise; seja ela financeira, conjugal, na saúde ou até mesmo na vida espiritual, pensam em deixar tudo para trás, abandonar o barco e chegam a esquecerem das promessas que o Senhor já liberou para a vida delas. Às vezes a crise vem no casamento e logo pensam em separação, pois é assim que muitos tentam resolver os problemas conjugais: “Casou, não deu certo, separa!” As vezes é uma porta que se fecha, um trabalho que não dá certo, uma enfermidade ou morte de algum ente querido, uma empresa que não sai do vermelho e vem as dificuldades e o empresário desabafa: Vou fechar as portas e nunca mais vou abrir outro negócio na minha vida, pois isso não é para mim; é  um filho nas drogas que não quer nada com nada; é uma decepção no ministério que leva a pessoa a pensar em mudar de igreja achando que está em uma igreja que só tem perseguições, problemas e cobranças.
Permaneça lutando, perseverando, orando. Não desista de sua família, não abra mão de seus projetos e das promessas que o Senhor tem para sua vida, e continue no lugar onde Deus te colocou. Deus tem duas ordens: Não desças ao Egito (v. 2) e fica na terra de Gerar (v. 2,6). Acima de tudo, obedeça ao Senhor. Foi com obediência que Isaque prosperou, cresceu porque a bênção do Senhor estava sobre ele.

Isaque ficou em Gerar, terra onde seu pai havia se enriquecido entre os filisteus. Mas embora a situação fosse de fome, de miséria porque não havia água, nada ali poderia favorecer a Isaque, até os poços que seu pai Abraão havia cavado, os filisteus havia entulhado todos. Mas Isaque não desistiu; ele   tirou o olhar das circunstâncias e creu no Senhor! Ele obedeceu, confiou no que  o Senhor estava falando, e  o Senhor o honrou de tal maneira que Isaque prosperou naquele lugar de seca. Os filisteus plantavam e não nascia nada, cavavam poços mas não achavam água, mas Isaque plantou as sementes em terra de sequidão e teve uma colheita abençoada, colheu cem por um, ou seja, cem vezes mais, cavou os poços que estavam entulhados e nasciam grandes nascentes de água, sabe porque? Por que a bênção do Senhor estava com ele.  Já os filisteus entulharam os poços que Abraão havia cavado em época de fatura e agora estavam desesperados por água sem conseguir. Os filisteus cavavam poços mas não achavam água de jeito algum, porque a bênção de Deus não estava com eles.     

O homem enriqueceu, e a sua riqueza continuou a aumentar, até que ficou riquíssimo. Possuía tantos rebanhos e servos que os filisteus o invejavam. Estes taparam todos os poços que os servos de Abraão, pai de Isaque, tinham cavado na sua época, enchendo-os de terra. Então Abimeleque pediu a Isaque: "Sai de nossa terra, pois já és poderoso demais para nós". (Gênesis 26:13-16)
A bênção de Deus sobre Isaque foi irrevogável. Ao ver o sucesso de Isaque, Abimeleque sentiu-se ameaçado, encarando-o como rival que precisava ser retirado do seu caminho. A inveja alcançou o coração inseguro de Abimeleque e levou-o a expulsar Isaque daquela terra. Ao ser abençoado Isaque foi alvo de perseguição, os filisteus encheram os seus poços de entulho, os pastores de Gerar contenderam com ele por causa dos poços que ele abriu, mas mesmo saindo e peregrinando na terra, por onde passava a bênção de Deus o acompanhava.


Seus adversários invejosos poderão tentar entulhar seus poços, matar seus sonhos, seus projetos e te derrubar pelo caminho, ao verem que a bênção de Deus está sobre a tua vida, mas não desista, continue perseverando e cavando novos poços, pois com certeza águas fluirão e quando Deus resolve abençoar alguém, ninguém poderá impedir o agir de Deus, a não ser, você mesmo.



Por aquele tempo, veio a ele Abimeleque, de Gerar, com Auzate, seu conselheiro pessoal, e Ficol, o comandante dos seus exércitos. Isaque lhes perguntou: "Por que me vieram ver, uma vez que foram hostis e me mandaram embora? " Eles responderam: "Vimos claramente que o Senhor está contigo; por isso dissemos: Façamos um juramento entre nós. Queremos firmar um acordo contigo:
Tu não nos farás mal, assim como nada te fizemos, mas sempre te tratamos bem e te despedimos em paz. Agora sabemos que o SENHOR te tem abençoado". (Gênesis 26:26-29)

Chega um momento que os inimigos e perseguidores reconhecem que Isaque é “um abençoado do Senhor” (v. 29). Para que nós venhamos prosperar, crescer espiritualmente e ser bem sucedidos, precisamos ter a bênção do Senhor sobre nós e sermos obedientes ao Senhor e tirar os entulhos da alma.
Quais entulhos estão impedindo que  as bênçãos de Deus encham as nossas vidas? Quais são os entulhos  que impedem que rios de águas vivas fluam do nosso interior?
Os entulhos de nossas vida tem nome: feridas não tratadas, amargura, ódio, rancor, falar mal do irmão, falta de perdão, inveja. Tire estes entulhos do seu coração. Limpe sua alma. Deus quer te encher de um manancial de águas vivas. Dê espaço para entrar o que é novo. A Palavra de Deus diz que a vontade do Senhor ela é boa, perfeita, e agradável (Rm. 12:2)

Seja Bem Vindo!

Seja bem vindo!
É um prazer ter você em meu blog. faça o seu comentário, deixe a sua mensagem.