domingo, 22 de fevereiro de 2015

ELIZEU FAZ FLUTUAR O MACHADO



2 Reis 6.1-7

Quem já viu um ferro flutuar? Creio que só vamos conhecer a história de um ferro flutuando aqui neste capítulo de 2 Reis 6, quando Deus o usa em mais um milagre sobrenatural.
A Palavra de Deus é poderosa, verdadeira, eficaz e fala de coisas que só vamos entender no espírito e pelos olhos da fé.

A Bíblia diz que Os discípulos dos profetas disseram a Eliseu: "Como vês, o lugar onde nos reunimos contigo é pequeno demais para nós. (2 Reis 6:1)
Não podemos nos conformar com a situação do momento. Este texto nos ensina através dos discípulos dos profetas que precisamos ter  visão para o crescimento da obra de Deus que é um dos fatores relevantes para o Reino de Deus. Quando não pregamos o Evangelho, quando não evangelizamos, quando deixamos a timidez nos dominar, quando ficamos acomodados; estamos fora desta visão.

Por que não vamos ao rio Jordão? Lá cada um de nós poderá cortar um tronco para construirmos ali um lugar de reuniões". Eliseu disse: "Podem ir". (2 Reis 6:2)

A visão de crescimento deve vir acompanhada com atitudes; com ação; com fé; trabalho, etc.
Eles  tiveram a visão de crescer e tomaram a iniciativa de trabalhar em prol desta visão saindo do comodismo. Eles queriam um lugar maior então precisavam trabalhar arduamente para que isso acontecesse. O  aval do profeta também era necessário. Eliseu em momento algum disse nada que apagasse a chama daquela visão; ao contrário do que muitos líderes sem visão nos dias de hoje que embora não faz o que o Senhor manda, ainda impedem que seus discípulos execute a visão dada pelo Espírito; Eliseu lhes disse:  Podem ir (Ide).  Os discípulos dos profetas chamaram Eliseu para acompanhá-los e Eliseu foi com eles. Então, eles partiram para o Jordão a fim de executar a visão.
Jesus já nos deu esse aval: "IDE a todo mundo e pregai o Evangelho a toda criatura" (Mc 16,15). E tem nos acompanhado em toda obra.  Ele mesmo disse aos Seus discípulos: "...Sem mim vocês não podem fazer coisa nenhuma" (João 15.5). Não podemos fazer nada sem a presença do Senhor.

Quando um deles estava cortando um tronco, o ferro do machado caiu na água. E ele gritou: "Ah, meu senhor, era emprestado! " O homem de Deus perguntou: "Onde caiu? " Quando ele lhe mostrou o lugar, Eliseu cortou um galho e o jogou ali, fazendo o ferro flutuar, ...(2 Reis 6:5-6)

Por Deus ser Deus, Ele conhece as nossas fraquezas, os nossos temores, nossos medos, angústias, pecados, quando estamos nos propósitos Dele, quando estamos fora do propósito... A pergunta que Ele faz é:
 ONDE CAIU? ONDE VOCÊ PERDEU A SUA FERRAMENTA; O SEU MACHADO; O SEU PODER?
Porque Eu quero pegar e devolver para você.
A ferramenta aqui para nós, é espiritual e tem que estar afiada. Sem as ferramentas espirituais não podemos vencer as ciladas do inimigo, as afrontas do diabo (como ele afrontou Jesus na tentação no deserto em Mateus 4); e as lutas do dia a dia
  
Deus quer que voltemos onde caímos (Ap 2.5) e nos arrependamos por ter relaxado com as ferramentas. Quais ferramentas são essas? Nós sabemos quais são as ferramentas. Quero relacionar aqui quatro (4) ferramentas para nossa meditação.

1-AMOR - Esta é a mensagem que vocês ouviram desde o princípio: que nos amemos uns aos outros.
Não sejamos como Caim, que pertencia ao Maligno e matou seu irmão. E por que o matou? Porque suas obras eram más e as de seu irmão eram justas. Meus irmãos, não se admirem se o mundo os odeia. Sabemos que já passamos da morte para a vida porque amamos nossos irmãos. Quem não ama permanece na morte.
Quem odeia seu irmão é assassino, e vocês sabem que nenhum assassino tem vida eterna em si mesmo. (1 João 3:11-15). Sem amor de nada vale a nossa ferramenta ( 1 Coríntios 13)

Tem pessoas que passam a odiar outra pessoa só porque esta pessoa está vencendo. É demais para ela suportar a vitória da outra pessoa. Amor não é sentimento, amor é atitude. eu devo amar meu irmão porque é uma ordem dada por Jesus.

2-PERDÃO -  Suportai-vos uns aos outros e perdoai-vos mutuamente, toda vez que tiverdes queixa contra outrem. Como o Senhor vos perdoou, assim perdoai também vós. (Colossenses 3:13)
Não é fácil perdoar a quem nos persegue ou a quem nos fez muito mal. Não é fácil perdoar pessoas que nos causou danos irreversíveis.. Não é fácil! Mas para que você tenha uma perfeita comunhão com Deus e para que Deus possa te usar em Seu propósito, é preciso que você esteja com o coração limpo de toda amargura e ódio. O perdão não é uma opção de escolha. O perdão é uma ordem do Senhor e as ordens do Senhor não são para serem questionadas, mas sim; obedecidas.

3- PALAVRA DE DEUS - Use a palavra de Deus para vencer. Exercite a sua fé através da palavra de Deus. Use ela em seu favor, guarde ela em seu coração. “Guardei Tua Palavra em meu coração para não pecar contra TI. (Salmo 119.11)

4-ORAÇÃO - "Orai sem cessar" (1 Tessalonicenses 5.17). Se fortaleça na oração que é a forma de comunhão com o Pai.  Talvez você não está orando como orava antes, mas quando deixamos de orar, a nossa ferramenta  cai desafinando a cada dia.

Mas Deus quer que peguemos de volta as nossas ferramentas de trabalho sem as quais não podemos vencer.
Ele quer continuar te usando. Fale para Ele onde caiu, peça ajuda ao Espírito Santo em nome de Jesus.
O discípulo mostrou ao profeta Eliseu onde o ferro do machado tinha caído. Talvez o discípulo esperasse que Eliseu mergulhasse no rio em busca do machado, mas para surpresa de todos, Eliseu cortou um galho de uma árvore, jogou na direção em que havia caído a ferramenta e esta flutuou para a glória de Deus!

...e disse: "Pegue-o". O homem esticou o braço e o pegou. (2 Reis 6:7)


Conclusão: Não existe impossível para Deus! O Senhor é perito em operar o sobrenatural!!

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Negue a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me



Texto: Lucas 9.23-26

"Em seguida dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome cada dia a sua cruz, e siga-me. Pois quem quiser salvar a sua vida, perdê-la-á; mas quem perder a sua vida por amor de mim, esse a salvará. Pois, que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, e perder-se, ou prejudicar-se a si mesmo?  Porque, quem se envergonhar de mim e das minhas palavras, dele se envergonhará o Filho do homem, quando vier na sua glória, e na do Pai e dos santos anjos".

 Estamos realmente seguindo a Cristo, ou a nossa própria vontade? O que Deus  está fala conosco nestes versículos são instruções que já ouvimos antes; não tem nada de novo ou diferente nas palavras do Senhor. Ele deixa bem claro que não tem como segui-Lo se sem renunciarmos a nós mesmos. Mas, muitos querem seguir o Senhor entrando pela porta larga onde tudo pode, venha como está e fique como está, não mude nada, não precisa mudar nada, fique do jeito que você quer, proceda do jeito que te agrada.. NÃO!!. Quando o Senhor diz pra abandonar o pecado, mesmo que pareça uma tarefa impossível para muitos; Ele está dizendo que quer agir na vida de cada um de nós, mas temos que ter a capacidade de negarmos a nós mesmos e deixarmos que a vontade soberana do Senhor reine em nós.

Se alguém vem a mim, e ama o seu pai, e mãe, sua mulher, seus filhos, seus irmãos e irmãs, e ainda a sua própria vida mais do que a mim, não pode ser meu discípulo. E qualquer que não tomar a sua cruz, e vier após mim, não pode ser meu discípulo. (Lucas 14:26-27)

 Quantas vezes chegamos em casa cansados de um dia de trabalho, cheios de preocupações, e tudo o que queremos é aproveitar esse tempo livre em casa, tomar um bom banho e assentar na frente da televisão e assistir um filme e todas as programações, ou ficar na frente do computador?   Negar a si mesmo é você tirar um tempo deste tempo livre e orar, buscar o Senhor e ter um momento de meditação em Sua santa palavra. É buscar uma maior comunhão com o nosso Deus. Negar a si mesmo é tirar  dia após dia, tudo aquilo que não agrada a Deus. Negar a si mesmo é renunciar sentimentos abomináveis ao Senhor, tais como: inveja, vaidade, ciúmes, avareza, soberba, concupiscência da carne, lascívia, ira, desejo de vingança, vícios entre outros. Negar a si mesmo é perdoar e amar os vossos inimigos, bendizer os que vos maldizem, fazer bem aos que vos odeiam e orar pelos que vos maltratam e vos perseguem.  Ter a mesma humildade de Cristo, andar em santidade como Ele andou, guardando os seus mandamentos fazendo a vontade do Pai.

JESUS NEGOU-SE A SI MESMO e não existe você servir a Cristo sem NEGAR-SE A SI MESMO.

O apóstolo Paulo orientou os irmãos da igreja que estava em Colossenses, a procurarem ter um viver diferente, santo e abençoado conforme está escrito:

Para que possais andar dignamente diante do Senhor, agradando-lhe em tudo, frutificando em toda a boa obra, e crescendo no conhecimento de Deus.  (Colossenses 1.10).

O que aprendemos com Paulo neste versículo? Que precisamos não somente andar dignamente diante do Senhor, mas também agradá-Lo em tudo. Este é o fundamento do cristianismo; você morre pela fé. Você nega a si mesmo, mas jamais nega a Jesus. Muitos tem facilidade para dizer não pra Jesus, mas não tem facilidade pra dizer não para o mundo, para os vícios,  para os prazeres carnais. A palavra diz negue-se a si mesmo e não a Jesus. O sacrifício naquela cruz foi por nós, então temos que obedecê-Lo.

Parece uma tarefa muito difícil e é realmente difícil, pois temos que lutar além das nossas forças para vencermos a nossa carne, a nossa vontade. É uma luta constante dentro de nós. É a luta da carne x espírito; e, vamos precisar de estratégias para vencermos. Como? Crescendo no conhecimento de Deus. Oséias 6.3 diz: "Conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor".

O jovem rico perguntou a Jesus o que deveria fazer para herdar a vida eterna, o Senhor lhe disse que deveria guardar os mandamentos, ele respondeu a Jesus que já fazia isso desde a sua mocidade. A palavra afirma que Cristo o amou e disse-lhe: Falta-te uma coisa: vai, e vende tudo quanto tens, e dá aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem e segue-me.  Mas ele, contrariado com essa palavra, retirou-se triste, porque possuía muitas propriedades (Marcos 10.17 - 22). Ele foi até Jesus porque queria ter a salvação. Jesus ensinou o caminho que leva a salvação e a renúncia que o seu desejo exigia. Mas, o jovem recusou-se em negar a si mesmo, em abandonar os bens desta vida e preferiu sua riqueza do que a salvação oferecida pelo Senhor.

O jovem rico preferiu negar a Jesus e ficar com sua riqueza na terra. Se a pessoa não tiver o nome escrito no Livro da Vida, não tem salvação. Muitos estão envolvidos com muitas coisas, mas só uma coisa vale a pena é manter o nosso nome no Livro da Vida.

Conclusão: Se a sua fé não for capaz de dizer não aos prazeres da carne; mas é capaz de só dizer Não para Jesus, essa fé é morta. Submeta-se ao Senhor, obedeça-O, negue-se a si mesmo e pegue sua cruz e siga. Jesus  está voltando.. Amém?



segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

O Caminho da Sabedoria


Em vindo a soberba, sobrevém a desonra, mas com os humildes está a sabedoria.

Provérbio 11.2

Um indivíduo soberbo é aquele que deseja ser mais do que é e ainda, coloca-se acima dos outros para humilhá-los. O soberbo é aquele que super dimensiona a própria imagem e diminui o valor dos outros. É o narcisista que ao olhar-se no espelho dá nota máxima para si mesmo, aplaude a si mesmo ao mesmo tempo em que endereça suas vaias aos que estão ao seu redor. É por isso que o sábio diz que, em vindo a soberba, provém a desonra. A soberba é a sala de espera da desonra. É a porta de entrada da vergonha e da humilhação.

A Bíblia diz que Deus resiste ao soberbo, declarando guerra contra ele. 

"Portanto, Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes". (Tiago 4:6)
O humilde é aquele que dá a glória devida a Deus e trata o próximo com honra. A humildade é o palácio onde mora a sabedoria. Com os humildes está a sabedoria. Os humildes são aqueles que se prostram, reconhecendo seus pecados e nada reivindicam para si mesmos; mas, também, são estes que serão exaltados por Deus. A Bíblia é categórica em nos dizer que Deus humilha os soberbos, mas exalta os humildes.

Precisamos aprender a depender mais do Senhor e ser mais humildes no reconhecimento das nossas limitações e nunca pensar de nós além do que convém.

"Porque pela graça que me é dada, digo a cada um dentre vós que não pense de si mesmo além do que convém; antes, pense com moderação, conforme a medida da fé que Deus repartiu a cada um". (Romanos 12:3)

domingo, 11 de janeiro de 2015

Tome a Decisão de Não Querer Viver Encurvado e Aprisionado


Lucas 13.10-17
Este testo é uma grande lição para nós e nos mostra que Jesus está acima da religiosidade. aquela mulher estava encurvada há 18 longos anos, na mesma igreja. Ninguém havia feito nada por aquela mulher. a religiosidade impediu os pastores daquela igreja, fazer alguma coisa pra ajudá-la. O texto diz que Jesus foi  ensinar numa das sinagogas; numa daquelas igrejas, mais precisamente NAQUELA igreja onde aquela mulher congregava. era um dia de sábado. A religião não permitia que curasse alguém no sábado. O sábado era para ser santificado, porém Jesus é Senhor do sábado e não mede esforço para abençoar uma pessoa que ora com fé (uma filha de Abraão).(Gn 13.16) Os filhos de Abraão são referidos também como filhos da fé e mesmo essa mulher fazendo parte da promessa que Deus fez a Abraão de que toda sua descendência seria abençoada, ela foi vítima da investida de satanás.
*Mesmo Jesus estando no barco juntamente com os discípulos, isso não impediu que sobreviesse sobre eles uma tremenda tempestade. (Mc 4.35-41) Mas para Jesus, não existe pedras, não existe muralhas, barreiras ou tempestades que impeçam Jesus de abençoar alguém quando O clama. A autoridade de Jesus é de tamanha grandeza que nada pode contê-Lo. Ele determinou abençoar aquela mulher e a abençoou!

Talvez você esteja vivendo uma situação que já perdeu até a esperança. Talvez este problema que você está passando já dura muitos anos. Continue buscando e perseverando. Ore creia! Decida que você não vai viver encurvado. Aquela mulher andava encurvada e totalmente incapaz de levantar-se e mesmo assim ela não pediu que Jesus a curasse. Talvez ela não tinha mais esperança, mas Jesus viu o sofrimento dela e tomou a iniciativa de chamá-la. É assim que Jesus faz quando estamos enfermos, debilitados e sem forças para lutar, Jesus vem até nós e traz o socorro.

Ela estava encurvada por anos dentro de uma igreja. Muitos hoje em dia estão encurvados dentro das igrejas ainda aprisionados no vício, na fofoca, na inveja, no rancor, no ego, orgulho em cima de orgulho, de mal com o irmão que o magoou, etc. Estão encurvados e aprisionados na rede do inimigo. Deus vai sondar o desejo no interior de cada um em ser curado e Jesus vai até você para te libertar desta rede que te aprisiona. Não importa o tamanho da multidão, Jesus te vê e te chama (v12).

Jesus a curou. Porém o dirigente da sinagoga admoestou o povo a vir buscar a cura em 6 dias da semana. (v14). Ele não ficou satisfeito com a cura e a libertação que Jesus operara na vida daquela mulher que há 18 anos estava sob domínio de um espírito que a mantinha doente. Para aquele pastor religioso, era melhor ver a mulher aprisionada por satanás do que se alegrar com a cura que ela recebera por Jesus em um sábado.
É muito triste vê um líder buscar apenas o seu próprio interesse e coloca impedimento na vida de uma pessoa para que a mesma NÃO seja  abençoada. Certamente aquele dirigente socorreria seu animal caso viesse a cair em um buraco pois sabia que se deixasse para socorrer no outro dia, morreria; mas aquela mulher poderia passar mais 18 anos encurvada o que não poderia era ela ser curada no dia de sábado. A hipocrisia  querendo ter força sobre a graça de Deus.
O ser humano é o que mais importa para Deus.
"Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu o Seu Filho unigênito para que todo aquele que nele crê não pereça mas tenha a vida eterna” (João 3.16).
 Veja a grandeza de Jesus! Ele veio para salvar o homem que estava perdido. Por que a pedra foi rolada? a fim de permitir que Jesus saísse? Não! Foi para que os discípulos entrassem e acreditassem que Jesus havia ressuscitado. Jesus não estava mais lá! Jesus está sempre removendo barreiras, detonando pedras a fim de abençoar as nossas vidas! Será assim com você esta noite... Talvez muitas barreiras foram criadas para te impedir de estar aqui nesta noite. Você ficou indeciso se vinha ou não vinha; surgiram outras opções, apareceram visitas, quase desistiu... Mas você veio e está aqui como prova viva de que Jesus quer abençoar você, por isso, não há barreiras que possa impedir a Deus de te abençoar nesta noite. E, se hoje você quiser, você será abençoado em nome de Jesus!


quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Não Vivam do Passado


"Esqueçam o que se foi; não vivam no passado. Vejam, estou fazendo uma coisa nova! Ela já está surgindo! Vocês não o percebem? Até no deserto vou abrir um caminho e riachos no ermo”.

Tem pessoas que estão na igreja, mas não conseguem viver uma coisa nova. Elas não conseguem viver uma novidade de vida. Vivem apegadas as coisas do passado e não conseguem virar a página da vida. Colocam obstáculos em tudo e encontram tanta dificuldade na caminhada que ficam impossibilitadas de viverem o novo de Deus. Acabam se tornando um fracassado.
O Senhor está  instruindo a deixar as coisas do passado e viver uma coisa nova. Por maior que seja o  deserto de sequidão em nós, por mais que sejam as tempestades da vida, Deus quer que esqueçamos o que se foi para vivermos algo novo e sobrenatural com Ele. Você foi chamado para uma coisa nova, mas não quer abandonar o que é velho. Você quer uma vida nova, viver algo novo, mas não consegue deixar o passado. Você quer um futuro de vitória, de sucesso, mas não planta hoje a fé e a obediência que agrada a Deus. Jesus não teria tido uma vida de sucesso se Ele não tivesse se esvaziado de Si mesmo. Você precisa se esvaziar de si mesmo para que Deus possa te encher das virtudes que te levarão à vitória. Se você quer ter uma experiência sobrenatural com Deus, Você não pode permanecer neste mesmo estilo de vida, nessa mesma visão, na desobediência e com esses mesmos pensamentos duvidosos (“se der, talvez, eu acho, será?” etc). A promessa  de Deus para sua vida poderá até passar pelo teste da perseverança e do tempo, mas o Senhor se mantém fiel a Sua Palavra. Ele vai modificar essa situação para que você entenda que é Ele quem faz.

 “E naquele dia, sendo já tarde, disse-lhes: Passemos para a outra margem.” (Marcos 4:35)

O que é passar para o outro lado? Passar para o outro lado é andar com Jesus no sobrenatural. É entrar no mar  “sobrenatural” de Deus,  onde sua onipresença, onipotência e onisciência  são reveladas aos homens. Ir para o outro lado é sair da margem do conformismo e avançar mesmo que enfrente tempestades, grandes ondas e os fortes ventos da vida. É confiar e depender somente do Senhor. É  parar de “chorar o leite derramado” de tudo aquilo que não deu certo e ir ao rumo de novas conquistas.

".... mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus". (Filipenses 3.13-14)

Isso só vai acontecer na vida daqueles que obedecerem e se entregarem verdadeiramente ao Senhor. Cada promessa que Deus tem feito para mim e para você; está condicionada à obediência. Se obedecer, Se estiver dispostos a renunciar o que é preciso, vão comer o melhor desta terra.

 “Se quiserdes e me ouvirdes, comereis o melhor desta terra. Mas, se recusardes e fordes rebeldes, sereis devorados à espada; porque a boca do Senhor o disse”. (Isaías 1.19-20)
E ninguém põe vinho novo em vasilhas de couro velhas; se o fizer, o vinho novo rebentará as vasilhas, se derramará, e as vasilhas se estragarão”. (Lucas 5:37)

É impossível Deus agir em nossas vidas se nós mesmos não abrirmos nossos corações ao Senhor, se não tivermos  um coração  novo, que só Deus pode nos dar, o velho com certeza irá estragar o que o Senhor quiser fazer em nossas vidas.

Conclusão: Deus está fazendo uma coisa nova na sua vida. Ele está trazendo cura, perdão, alegria, paz e vitória. Viva o novo de Deus. Esta é a vontade do Senhor.. Amém?. 

 

sábado, 29 de novembro de 2014

Voltem à sua Fortaleza, ó Prisioneiros da Esperança!


Zacarias 9.11-12
  
 "Quanto a você, por causa do sangue da minha aliança com você, libertarei os seus prisioneiros de um poço sem água. Voltem à sua fortaleza, ó prisioneiros da esperança; pois hoje mesmo anuncio que restaurarei tudo em dobro para vocês”.

1-   Quanto a você, por causa do sangue da minha aliança com você, libertarei os seus prisioneiros de um poço sem água.

O Senhor diz que vai libertar o prisioneiro de dentro de um poço sem água. E este poço sem água, espiritualmente falando, tem um nome. Ele pode se chamar vício, drogas, tentações, medo, mágoa, tristeza, frieza espiritual, desânimo, etc. Os presos espirituais que estão dentro da cova ou poço são todos aqueles que cedem aos vícios e as tentações. Porém, aqueles que conheceram a verdade foram libertos dessa cova prisioneira. Eles  não são mais prisioneiro no fundo do poço.

"Da mais profunda cova, SENHOR, invoquei o teu nome. Ouviste a minha voz; não escondas o ouvido aos meus lamentos, ao meu clamor. De mim te aproximaste no dia em que te invoquei; disseste: Não temas". (Lamentações 3.55-57)

Não tenha medo, não se entregue. Peça a Deus para te libertar dos seus medos.

2-    Voltem à sua fortaleza, ó prisioneiros da esperança:

Ser prisioneiro da esperança significa que a pessoa foi capturada pela esperança; não importa quantas vezes ela caiu, não importa quantas vezes ela tropeçou; quantas vezes o inimigo a chamou de fracassada e não importa se a vida desta pessoa parece estar  desabando. Ela luta, persevera e confia porque a esperança dele não está nas pessoas, mas sim; no Senhor e em Sua Santa Palavra.
Jesus oferece espiritualmente a liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos.
HÁ ESPERANÇA PARA TODOS QUE VOLTAM À SUA FORTALEZA! O SENHOR! COMO PRISIONEIROS DA ESPERANÇA! QUE SE RECUSAM A SE DAR POR VENCIDOS, APEGANDO-SE A ESPERANÇA COMO QUEM POR ELA É POSSUIDO!" Voltem à sua fortaleza! A fortaleza é um lugar seguro! Voltar a Fortaleza é sinal que já havia estado nela antes, e se você se encontra hoje em um poço sem água, precisa tomar a decisão de sair dele. Como o filho pródigo um dia resolveu sair daquele lugar com cheiro de porcos, deixar de comer as vagens de alfarrobeiras e voltar à casa do pai, voltar a Fortaleza.

A esperança do cristão está no sustento que vem do Senhor. Talvez você se encontre em um momento de desespero, tudo o que você poderia tentar você já tentou, tudo o que poderia fazer, você já fez; e ainda não chegou a vitória que você tanto almeja pra tua vida. Você se vê sem forças para prosseguir, sem ânimo para continuar, parece que até mesmo a tua fé se perdeu. Meu irmão volte para sua Fortaleza que é JESUS CRISTO.

3-   “Pois hoje mesmo anuncio que restaurarei tudo em dobro para vocês”.

O tempo é agora! Creia que o Senhor Jesus Cristo fortalece o teu coração e te dá forças para prosseguir. Os momentos de aflição, tristeza e humilhação serão transformados em alegria como a porção em dobro do que foi perdido, você nasceu para vencer em suas batalhas com Deus, e não para ser um derrotado. Creia na restauração do teu casamento  e da tua saúde física, emocional e espiritual. O Senhor fará grandes coisas na sua vida. Ele arrancará do teu coração a dor, a mágoa e a tristeza e promete que a libertação e a restituição são no tempo presente! E quão tremendo é saber que Deus é abundante em Sua graça: "restaurarei em dobro"

"Mudou o Senhor a SORTE de Jó, quando este orava pelos seus inimigos, e o Senhor deu-lhe em dobro tudo o que antes possuía". (Jó 42.10)


Conclusão: Volte para Deus, volte para a tua Fortaleza e viva a restituição em dobro de tudo àquilo que Deus tem pra você. Deus nos chama para sairmos do poço sem água e entrarmos na fortaleza do seu amor!

sábado, 15 de novembro de 2014

Coloque a Sua Fé no Lugar Mais Alto


Êxodo 17:8-16

Após a travessia do Mar Vermelho, esta foi a primeira das muitas batalhas que Israel enfrentaria  durante os 40 anos que andou no deserto após a saída do Egito. As batalhas começaram a fazer parte da história de Israel e aqui em Êxodo 17 vemos uma batalha travada entre dois povos: os amalequitas (povo idólatra, assaltante, opressor, não temente a Deus); contra Israel (povo escolhido por Deus para ser abençoado).

A nação escolhida por Deus levou uma murmuração contra Moisés: “Pra que nos fizeste subir do Egito? Foi para matar de sede a nós, a nossos filhos e aos nossos rebanhos?”  Então, clamou Moisés ao Senhor: “Que farei a este povo? Só resta apedrejar-me!” (Êx 17.3-4). O Senhor orientou Moisés passar à frente do povo, levar o bordão que feriu o Nilo e ferir a rocha que dela sairia água; e o Senhor, esperaria por Moisés no alto da rocha no monte Horebe. Assim foi feito.

Após este acontecimento, ali mesmo em Refidim, Amaleque atacou Israel:
"Então veio Amaleque, e pelejou contra Israel em Refidim" (Êx 17:8). Mas Moisés disse a Josué: “ Escolha alguns dos nossos homens e lute contra os amalequitas. Amanhã tomarei posição no alto do monte, com a vara de Deus em minhas mãos”. (v9)

Moisés vai usar uma arma totalmente diferente para esta luta. Esta arma nos chama muito a atenção para a atitude de nós cristãos com relação às lutas e os amalequitas de nossas vidas.: "Quando Moisés, levantava suas mãos, Israel prevalecia, quando abaixava as suas mãos Amaleque prevalecia" Êx 17: 11.
Com as mãos levantadas para o céu, e a vara de Deus em suas mãos, Moises CLAMAVA e fazia  INTERCESSÃO pelo povo. Com as mãos levantadas, Moisés estava declarando que aquela peleja era do Senhor e que não seria vencida pelo esforço físico, pela sabedoria de palavras, pela posição social, pela quantidade de bens, ou pela posição ocupada na igreja; mas, pela força e pelo poder de Deus.
"Enquanto Moisés estava com as mãos levantadas, Israel prevalecia". 
É tempo de levantar  as mãos  e prevalecer contra o inimigo. Levantar as mãos significa orar a Deus e receber dEle estratégias para derrotar o inimigo.  Mãos levantadas ao Senhor está afirmando:  "Senhor eu dependo de Ti! Senhor, eu confio em Sua fiel providência! Eu creio meu Deus que é o Senhor quem está à frente desta peleja; é o Senhor que vencerá esta peleja por nós. Eu creio Senhor!. Mãos erguidas é  declarar que não vai desistir! Mãos erguidas é perseverar em oração, jejum, clamor. É colocar a fé no lugar mais alto e dizer para o inimigo: Sai do meu caminho porque o Senhor é a minha bandeira! Declare a sua vitória contra os amalequitas de sua vida.
Mas, quanto Moisés abaixava as mãos, eram os amalequitas quem prevaleciam!!

Se você está se sentindo cansado, desanimado, deprimido, com medo, começou a murmurar de tudo e deixou de confiar no Senhor, é sinal que suas mãos já estão abaixadas e o seu inimigo está prevalecendo.  Mas Deus conhece você, conhece o seu limite e não deixará você sozinho nesta peleja. ele enviará alguém para te ajudar; o seu pastor, o seu irmão, a sua igreja, são os Arão e Hur que te darão apoio e Jesus é a Rocha que você precisa para descansar. Descanse Nele. Ele é a força e o ânimo que você precisa. Não lute sozinho, porque sozinho você não vai conseguir. Jesus disse em uma outra ocasião: "Sem mim nada podeis fazer" (João 15.5), e não podemos mesmo. Sem Jesus não podemos nada.

Como estão suas mãos neste momento? É tempo de levantá-las e mantê-las bem erguidas em direção ao Pai.
Não deixe o inimigo ganhar força sobre você. Deus está nos dando aqui em Êxodo 17 uma estratégia para lutarmos  e  vencer. A estratégia é esta: Que devemos estar sempre com as mãos levantadas para o alto!
As vezes a pessoa está na igreja mas ela já parou de lutar, de confiar, já não guerreia mais, perdeu a força, as mãos já estão abaixadas e este é o momento que o inimigo precisa para tomar força e derrubar o cristão tirando ele de todo o foco e direção  do Senhor. Quando Moisés estendeu suas mãos para Deus, mostrou para Israel que enquanto eles colocassem  a sua confiança em Deus, o Senhor lutaria por eles destruindo seus inimigos, mas se perdessem a confiança  no Senhor e passassem a confiar em sua própria força, tornariam mais fracos do que seus inimigos e perderiam a luta. Então, não baixe a guarda, não abaixe as mãos, coloque sua fé no alto, exercite a sua fé, não confia no seu braço, dependa exclusivamente de Deus. Moisés estava no monte, mas mesmo no monte, teve momento de cansaço e abaixou as mãos. Josué estava no vale lutando com os mesmos homens e contra os mesmos inimigos, mas no momento que Moisés baixou as mãos, eles começaram  a perder a luta. Isso prova que não adianta estar no monte, se a fé não tiver no Senhor, não adianta estar no monte, se suas mãos estão abaixadas; não adianta você ir aos  cultos se não tem a certeza que o Deus da Glória, o Todo Poderoso vai está lá pra te abençoar. Não adianta!
Você precisa buscar o Senhor com fé. E, mesmo que suas mãos estejam cansadas por causa das lutas, tenha a certeza que Deus vai enviar um Arão e um Hur pra te ajudar e interceder  em seu favor.

E Deus falou: "Porquanto jurou o Senhor, haverá guerra do Senhor contra Amaleque de geração em geração" (Êx:17:16).  
Sempre enfrentaremos "amalequitas" nesta vida, mas de mãos levantadas, eles não prevalecerão contra nós.

Oração:
Senhor,” Ouve a voz das minhas súplicas, quando a ti clamar, quando levantar as minhas mãos para o teu santo oráculo”. (Salmos 28.2). E o Senhor te diz: “ Quero, pois, que os homens orem em todo o lugar, levantando mãos santas, sem ira nem contenda”. (I Timóteo 2:8).


domingo, 12 de outubro de 2014

Não ceda às tentações do inimigo. Seja Obediente ao Senhor; Deus tem o melhor para você!


Mateus 4.1-11

"Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam." (1 Coríntios 2:9)

 Após Jesus ser batizado por João Batista, Ele foi levado pelo Espírito ao deserto para ser tentado e por mais de um mês permaneceu ali em jejum e oração. Vejamos as três tentações que Jesus enfrentou no início do Seu Ministério: 

1ª tentação: E, depois de jejuar quarenta dias e quarenta noites, teve fome.  Então o diabo disse a Jesus: Se Tu és o Filho de Deus, manda que esta pedra se torne pão. Jesus respondeu: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus.” (Mateus 4: 2-4).

Ao final de 40 dias, Jesus teve fome, e só então, Jesus foi tentado. Nós também somos tentados todos os dias. Possivelmente estamos sendo tentados agora;  e sempre vamos ser  tentados de todas as maneiras: A irar, a criticar, a julgar, a desanimar, a duvidar, a ser incrédulos, egoístas, ter sede de poder, ambiciosos, vaidosos; somos tentados a olhar pra o mundo e desejar aquilo que não é para nós. O diabo tentou desviar Jesus do propósito com promessas de bens terrenos. Talvez você hoje está sendo tentado no deserto, talvez você tem questionado o motivo do deserto que está passando, mas o deserto é para te fortalecer. A Bíblia diz “Bem-aventurado o homem que suporta a tentação; porque, quando for provado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor tem prometido aos que o amam”. (Tiago 1.12)

Jesus passou 40 dias no deserto jejuando e orando. Enquanto isso, o diabo observava Jesus esperando o momento certo para atacar. O ataque começou quando Jesus, depois de um longo período de jejum, teve fome. Jesus necessitava de alimento para sobreviver, e embora ele tivesse o poder para transformar pedra em pão, não poderia fazê-lo porque foi o próprio Espírito de Deus que o conduziu aquele deserto sem nenhum alimento. Ele precisava depender somente do Pai. Nós precisamos depender somente do Pai.
O  diabo conhece o nosso ponto fraco. Onde você pensa que o diabo vai te atacar? Ele vai atacar no seu ponto fraco. Ele vai atacar na sua fraqueza. O ponto fraco de Jesus naquele momento era a fome e foi aí que o diabo armou a cilada, mas Jesus coloca a vontade soberana de Deus acima de qualquer coisa. Nós também podemos vencer as armadilhas do inimigo quando temos uma vida com Deus e obedientes à Sua Palavra. Deus nos dá forças para resistir aos ataques do diabo. Jesus respondeu: “nem só de pão viverá o homem”. Jesus te diz também: Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.(João 16:33)

2ª tentação: "Então, o diabo o levou à Cidade Santa, colocou-o sobre o pináculo do templo e lhe disse: Se és Filho de Deus, atira-te abaixo, porque está escrito: Aos seus anjos ordenará a teu respeito que te guardem; e: Eles te sustentarão nas suas mãos, para não tropeçares nalguma pedra".  A resposta de Jesus: "Também está escrito: Não tentarás o Senhor, teu Deus" (Mateus 4:5-7).

Se você é obediente, se você jejua, se você lê a Bíblia, se está alicerçado na rocha, pode vir tempestade, pode vir deserto, pode o inimigo se levantar, mas você vai prevalecer. Onze mil demônios vão cair ao seu redor: "Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas tu não serás atingido" (Salmo 91.7). Mas você precisa ser obediente ao Senhor; rejeitar o que não vem de Deus mesmo que pareça ser coisa boa para você. Não aceite o que é efêmero (passageiro), Deus tem para você o eterno. Cuidado com o que você tem escutado lá fora. O inimigo pega a palavra de Deus e distorce para enganar os escolhidos do Senhor.

3ª tentação: "Levou-o ainda o diabo a um monte muito alto, mostrou- lhe todos os reinos do mundo e a glória deles e lhe disse: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares". A resposta de Jesus: "Retira-te Satanás, porque está escrito: Ao Senhor, teu Deus, adorarás e só a ele darás culto" (Mateus 4:8-10).

Se Jesus cedesse ao diabo ele não estaria apto à cruz; estaria colocando Deus à prova, não poderia ser o nosso Salvador e hoje não estaríamos aqui. do alto da montanha Jesus contemplou os reinos e o inimigo tentou deixar Jesus fascinado com uma proposta de poder, mas Jesus disse: Não. O Senhor prometeu o reinado ao Filho depois de seu sofrimento (Hebreus 2:9), mas o diabo ofereceu a Jesus uma coroa sem a cruz. é assim que o diabo age; ele começa mostrando coisas que parecem boas, situações tão melhores que a sua, tão mais fáceis, tão mais rápido; do que ter que pagar um preço em Deus, jejuar, esperar em Deus; e se você cai nestas tentações, sua vitória será passageira. É por isso que precisamos estar atentos às ciladas do inimigo. As bandejas parecem serem boas mas acaba levando a pessoa a uma morte espiritual e até física.. Resistam!!! Não dê ouvido ao diabo.. Esperem em Deus.

Conclusão: Depois de Jesus recusar tudo o que o diabo ofereceu, o diabo bateu em retirada e os anjos do Senhor vieram servi-lo. É provável que Jesus tenha sido tentado outras vezes, mas Ele venceu todas às tentações. Hoje Satanás continua tentando as igrejas e os cristãos.. Então, VIGIAI pois a carne é fraca, mas Deus não nos deixará ser tentados além do que possamos suportar; Ele proverá uma saída. (1 Coríntios 10:13).


sábado, 11 de outubro de 2014

Sua Família tem sido alvo de ataques do inimigo?


Marcos 5.21-24, 35-43.

Estando Jesus com seus discípulos e uma grande multidão à beira mar, apareceu-lhe Jairo, um dos dirigentes da sinagoga que ao saber que Jesus estava naquele lugar, deixou o orgulho de lado e foi   ter com Jesus, prostrando-se aos seus pés e implorando que O mesmo, fosse com ele à sua casa para curar e salvar a sua filha que estava morrendo.

Jairo era um homem religioso, judeu preparado, estudado (visto que era um dirigente, pastor, ou mestre da sinagoga judaica), mas estava com um sério problema em seu lar: a sua filha de apenas 12 anos de idade, estava com uma enfermidade mortal. Dinheiro, posição social, estabilidade, suas crenças, sua religião, sua preparação, ser dirigente (pastor, líder, missionário, mestre), nada disso foi suficiente para mudar a situação de sua filha. Então, Jesus foi até a casa de Jairo, e o que ele encontrou? Uma família desesperada, em alvoroço, chorando, se lamentando em alta voz, triste e infeliz.

Enfermidades como: Orgulho, egoísmo, ressentimentos, ausência de perdão, mágoas, ódios, ciúme, inveja, lembranças do passado, infidelidade, frieza espiritual, mundanismo, brigas constantes, falta de diálogo, prisões emocionais, etc, estão destruindo muitos lares hoje em dia, mas Jesus tem visto a sua situação, e está guerreando em seu favor. Convide Jesus para ir à sua casa agora;  mas não como um visitante, pois visitante visita e vai embora em seguida. Convide Jesus para fazer morada, permanecer em sua casa e ser o centro de sua família. Quando Jesus é o centro de nossa família, Ele cura todas as enfermidades, ressuscita o amor e a comunhão entre os membros da casa e coloca a paz e a alegria no coração familiar. Já não tem alvoroço, já não tem choro e nem pranto. A presença de Jesus traz cura e libertação no lar.

Como está a sua família? Que tipo de enfermidade ela tem enfrentando hoje?
“O diabo veio para matar, roubar e destruir....” (João 10.10), ele não está preocupado com sua vida financeira; se você tem dinheiro ou não, o que ele está preocupado em destruir é sua comunhão com Deus, destruir seu relacionamento com Deus e com sua família, porque se sua família não está bem, você também não vai bem. Se ele destruir sua família e seu ministério, ele destruirá você; então, convide Jesus HOJE para fazer morada em seu lar.  Se você não tem mais tempo para Deus, para seus filhos, sua família e até pra você mesmo; se não há mais diálogo, amor, esperança, fé; se você anda cansado, irritado e desanimado, é sinal que o inimigo se levantou contra sua vida e é preciso ficar atento quanto ao agir do inimigo porque ele é estratégico e usa das mesmas estratégias que usava no passado. 

Houve um casamento em Caná da Galiléia e Jesus foi convidado para este casamento. No meio da festa faltou o vinho e uma grande tristeza e alvoroço se viu naquele lugar. Mas onde Jesus está o milagre acontece! Jesus operou um grande milagre naquele casamento transformando água em vinho e tristeza em alegria. Só Jesus pode transformar a morte em vida. Só Ele pode restaurar o que está morto...

Jairo convidou Jesus para ir à casa dele, e ao chegar lá, Jesus se deparou com um terrível alvoroço naquela casa (v. 38). Jesus dispensou os incrédulos que até riram dele quando falou que a menina  não estava morta, mas dormindo (v 39,40), e a partir daí operou um grande milagre naquele lugar. Ele transformou a morte em vida, a tristeza em alegria, o pranto em sorriso e o alvoroço em uma perfeita paz. Às vezes é necessário dispensar a amizade com os incrédulos porque esses acabam fazendo sua bênção ser retardada.

Se sua família está  passando por um momento de choro, prantos, lágrimas e você não vê nenhuma saída; Nada muda e nada acontece; lembre-se que Jesus restaurou a vida e a alegria da casa de Jairo(v. 42), e também deseja restaurar a sua família, o seu casamento, o seu lar, os seus filhos, o seu esposo, a sua esposa. Tudo o que Jesus fez na casa de Jairo, naquele dia, Ele pode fazer hoje na sua casa. Mas é preciso que você entregue todos os seus problemas nas mãos do Senhor.
Profetize para sua família o que está escrito em Josué 24.15ª : “EU E MINHA CASA SERVIREMOS AO SENHOR”.


terça-feira, 16 de setembro de 2014

Mais que Vencedores


Romanos 8.18-28

Mesmo diante do sofrimento enfrentado  pelo apóstolo Paulo juntamente com a igreja, (8.18-24), ele compreendeu que tudo estava no controle de Deus, era permissão de Deus e confiou na ação divina.
Sabemos que todas as coisas cooperam juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito” (Romanos 8:28)
Paulo não faz qualquer exceção a essa promessa. Ele diz "todas as coisas (boas ou ruins) cooperam juntamente para o bem dos que amam a Deus". Servir a Deus não é fácil. Tem vezes que as lutas são tão grandes que achamos que não vamos suportar. Tudo isto pode acontecer na vida do cristão deixando-o triste, amargurado, revoltado, sem esperança, pois, pelo  fato de sermos servos do Senhor, não somos imunes ao sofrimento; não recebemos isenção das dores, das doenças, acidentes, contrariedades, traições, perdas, separações, injustiças, decepções, etc. Mas tudo tem o seu propósito e mesmo que você esteja passando um momento muito difícil, lembre-se que tudo coopera para o BEM dos que amam a Deus. Se você tem uma vida confortável, tem riqueza, saúde e por isso acha que está tudo bem, saiba que não eram estas coisas que Paulo tinha em mente ao referir-se ao “bem”, estas coisas não são o alvo da vida cristã.

A luta, a dor e o sofrimento que Paulo estava passando, contribuía para a formação de  seu caráter e pela sua grande chamada. “Agora, me regozijo nos meus sofrimentos por vós; e preencho o que resta das aflições de Cristo, na minha carne, a favor do seu corpo, que é a igreja” (Cl.1:24).
Muitos homens e mulheres chamados por Deus viveram momentos de ansiedade, angústia, desânimo e aflição. Em alguns casos, a depressão alcançou proporções tão graves, que esses nobres personagens Bíblicos chegaram a desejar a própria morte, e mesmo a pedi-la a Deus.
Moisés disse: "Se assim me tratas, mata-me de uma vez, eu te peço, se tenho achado favor aos teus olhos, e não me deixes ver a minha miséria". (Nm 11.15)
Elias ameaçado por Jezebel, foi ao deserto caminho de um dia, e veio e se assentou debaixo de um zimbro; e pediu para si a morte e disse: basta; toma agora, ó Senhor, a minha alma, pois não sou melhor do que meus pais. (1 Rs 19.4)
Jonas: "Peço-te: pois, ó Senhor, tira-me a vida, porque melhor me é morrer do que viver". (Jn 4.3)
Jeremias desejou nunca ter nascido. Disse ele: "Maldito a dia em que nasci! Por que não me matou Deus no ventre materno? Por que minha mãe não foi minha sepultura? Ou não permaneceu grávida perpetuamente? Por que saí do ventre materno tão somente para ver trabalho e tristeza e para que se consumam de vergonha os meus dias. (Jr 20.14,17,18).
O apóstolo Paulo esteve perto de entregar os pontos: "Porque não queremos, irmãos, que ignoreis a natureza da tribulação que nos sobreveio na Ásia, porquanto foi acima das nossas forças, ao ponto de perdermos a esperança da própria vida". (2 Co 1.8)


Assim é nos dias de hoje, na minha vida e na sua; as perseguições, os levantes, etc, tudo isto vem para te desanimar, porém todas as coisas cooperam juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Tudo que VICIA começa com a letra C



(Luiz Fernando Veríssimo)

Por alguma razão que ainda desconheço, minha mente foi tomada por uma idéia um tanto sinistra: vícios.
Refleti sobre todos os vícios que corrompem a humanidade. Pensei, pensei e, de repente, um insight: tudo que vicia começa com a letra C!
De drogas leves a pesadas, bebidas, comidas ou diversões, percebi que todo vício curiosamente iniciava com .
Inicialmente, lembrei do cigarro que causa mais dependência que muita droga pesada. Cigarro vicia e começa com a letra c. Depois, lembrei das drogas pesadas:cocaína, crack e maconha. Vale lembrar que maconha é apenas o apelido dacannabis sativa que também começa com cê.
Entre as bebidas super populares há a cachaça, a cerveja e o café. Os gaúchos até abrem mão do vício matinal do café mas não deixam de tomar seu chimarrão que também começa com a letra C.
Refletindo sobre este padrão, cheguei à resposta da questão que por anos atormentou minha vida: por que a Coca-Cola vicia e a Pepsi não? Tendo fórmulas e sabores praticamente idênticos, deveria haver alguma explicação para este fenômeno. Naquele dia, meu insight finalmente revelara a resposta. É que a Coca tem dois Cês no nome enquanto a Pepsi não tem nenhum.
Impressionante, hein?
E o computador e o chocolate? Estes dispensam comentários.
Os vícios alimentares conhecemos aos montes, principalmente daqueles alimentos carregados com sal e açúcar. Sal é cloreto de sódio. E o açúcar que vicia é aquele extraído da cana.
Algumas músicas também causam dependência. Recentemente, testemunhei a popularização de uma droga musical chamada "créeeeeeu". Ficou todo o mundo viciadinho, principalmente quando o ritmo atingia a velocidade... cinco.
Nesta altura, você pode estar pensando: sexo vicia e não começa com a letra C. Pois você está redondamente enganado. Sexo não tem esta qualidade porque denota simplesmente a conformação orgânica que permite distinguir o homem da mulher. O que vicia é o "ato sexual", e este é denominado coito.
Pois é. Coincidências ou não, tudo que vicia começa com cê. Mas atenção: nem tudo que começa com vicia. Se fosse assim, estaríamos salvos pois a humanidade seria viciada em Cultura...

Veneno Natural para Acabar com os Ratos


Chega do incômodo de ficar colocando ratoeiras e comprando venenos super tóxicos para tentar acabar com esses bichos que nos dão tantas dores de cabeça, é que segundo algumas pesquisas, o feijão cru foi descoberto como um veneno natural que possui substâncias (como antitripsina, lectina, etc) que inibem o crescimento destes roedores. Essas substâncias ajudam a inibir as proteases, causando a diminuição das atividades das enzimas digestivas. Isso influi nutricionalmente no desenvolvimento dos ratos, depois de terem comido muito eles dormem, e é aí que a anti-tripsina a lectina agem fazendo com que o organismo desses bichos não absorvam o feijão (cru), causando envenenamento natural por fermentação matando-os em até três dias.
Pegue uma xícara de qualquer feijão cru (sem lavar), coloque no multiprocessador ou liquidificador (SEM ÁGUA) e triture até virar uma farofa fina, mas sem deixar virar pó. Se preferir, acrescente um pouco de achocolatado (isso aguça a fome dos ratos).
Onde colocar:
Coloque em montinhos (uma colher de chá) nos cantos do chão, perto das portas, e janelas (sim eles escalam as janelas), atrás da geladeira, atrás do fogão, atrás de tudo!
O que acontece:
DETALHE IMPORTANTE:
Ao contrário dos tradicionais venenos (racumim, por ex) o rato morre e não contamina animais de estimação e por sua vez morrem por terem comido o rato envenenado. E a quantidade de feijão que ele ingeriu e morreu é insuficiente para matar um cão ou gato, mesmo porque estes gostam de MATAR pra comer... mas morto eles não comem. Se tiver crianças pequenas (bebês) ainda em período de engatinhamento, que colocam tudo na boca, não faz mal algum, pois o feijão cru é facilmente digerido no organismo humano.
NÃO TEM CONTRA-INDICAÇÃO E OS RATOS MORREM EM 3 DIAS.


quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Como está a sua Família?


Marcos 5.21-24, 35-43.

Lemos neste texto de Marcos, que Jesus estava à beira mar rodeado de uma grande multidão, e lhe apareceu Jairo, um dos dirigentes da sinagoga que ao saber que Jesus estava naquele lugar, deixou o orgulho de lado e foi   ter com Jesus, prostrando-se aos seus pés e implorando que O mesmo, fosse com ele à sua casa para curar e salvar a sua filha que estava morrendo.

Jairo era um homem religioso, judeu preparado, estudado (visto que era um dirigente, pastor, ou mestre da sinagoga judaica), mas estava com um sério problema em seu lar: a sua filha de apenas 12 anos de idade, estava com uma enfermidade mortal.
Jesus ouviu a Jairo e viu como estava o coração daquele homem. Imagino que Jairo havia tentado de tudo, e tudo o que ele tinha: dinheiro, posição, estabilidade, suas crenças, sua religião, sua preparação, ser dirigente (pastor, líder, missionário, mestre), nada disso foi suficiente para mudar o quadro em que se encontrava sua filha de apenas 12 anos de idade. (Lc 8.42). Jesus foi até a casa de Jairo, e lá encontrou uma família desesperada, em alvoroço, chorando e se lamentando em alta voz, triste e infeliz.

Muitos  lares hoje em dia estão sendo destruídos com outros tipos de enfermidades: Orgulho, egoísmo, ressentimentos, ausência de perdão, mágoas, ódios, ciúme, inveja, lembranças do passado, infidelidade, frieza espiritual, mundanismo, brigas constantes, falta de comunicação e diálogo, prisões emocionais, etc
Como está a sua família? Que tipo de enfermidade ela está enfrentando hoje? Como está a vida espiritual, física e emocional de seus filhos, sua esposa, seu esposo? Como anda a sua família?

A Bíblia diz que  “O diabo veio para matar, roubar e destruir....” (João 10.10) O que ele está tentando destruir em sua família? O tempo? Talvez você não tenha mais tempo para Deus, para seus filhos, sua esposa, seu esposo, e até pra você mesmo. Não há diálogo, amor, esperança, fé. Você anda cansado, irritado, é preciso ficar  vigilante porque o inimigo tem estratégias e estas estratégias são as mesmas que ele usava no passado. A meta dele é destruir e matar muitas coisas nos nossos lares, principalmente a nossa paz.


Houve um casamento em Caná da Galiléia e Jesus foi convidado para este casamento. No meio da festa faltou o vinho e uma grande tristeza e alvoroço se viu naquele lugar. Mas onde Jesus está o milagre acontece! Jesus operou um grande milagre naquele casamento transformando água em vinho e tristeza em alegria. Só Jesus pode transformar a morte em vida. Só Ele pode restaurar o que está morto...

Jairo convidou Jesus para ir à casa dele, e ao chegar lá, Jesus se deparou com um terrível alvoroço naquela casa (v. 38). Jesus dispensou os incrédulos que até riram dele quando falou que a menina  não estava morta, mas dormindo (v 39,40), e a partir daí operou um grande milagre naquele lugar. Ele transformou a morte em vida, a tristeza em alegria, o pranto em sorriso e o alvoroço em uma perfeita paz.
Muitas famílias estão passando por momentos de choro, prantos, lágrimas e não vendo nenhuma saída! Nada muda, nada acontece! Mas, assim como Jesus restaurou a vida naquela casa (v. 42), Ele quer restaurar também a sua família, o seu casamento, o seu lar, os seus filhos, o seu esposo, a sua esposa. Tudo o que Jesus fez na casa de Jairo, naquele dia, Ele pode fazer hoje na sua casa. Mas é preciso que você entregue todos os seus problemas nas mãos do Senhor.
Profetize para sua família o que está escrito em Josué 24.15ª : “EU E MINHA CASA SERVIREMOS AO SENHOR”.


Seja Bem Vindo!

Seja bem vindo!
É um prazer ter você em meu blog. faça o seu comentário, deixe a sua mensagem.