quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Jesus Restaura o Sonho de Malco


Lucas 22.47-51 e João 18.10

Quem de nós não já tivemos sonhos e por conta destes sonhos, abrimos mãos de nossas próprias vontades, lazeres e descansos só para lutar em prol de ver os nossos sonhos realizados? Você se empenhou, dedicou horas estudando, fez campanha colocando seus sonhos na presença de Deus, mas de repente você desviou o foco da fé e deu ouvidos a alguém que disse que você não ia conseguir, saiu de sua fé para dar ouvidos a um destruidor de sonhos, daí veio o desânimo, a dúvida, a angústia e sem forças para continuar lutando, desistiu de tudo.

A passagem que acabamos de ler, está registrada nos 4 Evangelhos: Mateus (26:51-52), Marcos (14:43-47), João (18:10-11) que nos revela o nome do servo (Malco), e do discípulo de Jesus que atingiu a orelha direita de Malco (Pedro); e, Lucas (22:47-51), que era um médico,  e cita a respeito da cura, ou seja, do último milagre realizado por Jesus: A restauração da orelha direita do servo Malco.
Malco não era um soldado como muitos pregam por aí. A Bíblia diz nos 4 Evangelhos que Malco era “servo do sumo-sacerdote. Aí você pergunta: E que diferença faz se a orelha direita cortada era de um soldado ou do  servo do sumo-sacerdote?  A diferença é que um soldado poderia até não ter a orelha direita, mas aqueles que sonhavam um dia serem consagrados a sacerdotes, não poderiam ter defeito na orelha direita, e no polegar  direito do pé e da mão; tinham que se dedicar de 5 a 8 anos ao estudo da Torah,  e ao trabalho no Templo (porque de 12 em 12 horas tinham que colocar lenha no altar para o fogo não apagar);  ser descendente de Arão, da linhagem da tribo de Levi, ter o corpo perfeito, não podia ser surdo ou gago;  deveriam andar o tempo todo com o sumo Sacerdote e obedecer todas as suas ordens na condição não só de discípulo como também de servo. Ao final, quando já estavam preparados para serem consagrados, o sumo-sacerdote  passava o sangue na ponta da orelha direita, e dos polegares direitos dos pés e das mãos. Na falta de alguma destas partes, ele não poderia ser consagrado a sacerdote.

"Depois mandou trazer o outro carneiro, o carneiro para a oferta de ordenação, e Arão e seus filhos colocaram as mãos sobre a cabeça do carneiro. Moisés sacrificou o carneiro e pôs um pouco do sangue na ponta da orelha direita de Arão, no polegar da sua mão direita e no polegar do seu pé direito. Moisés também mandou que os filhos de Arão se aproximassem, e sobre cada um pôs um pouco do sangue na ponta da orelha direita, no polegar da mão direita e no polegar do pé direito; e derramou o restante do sangue nos lados do altar". (Levítico 8:22-24)

"O sacerdote porá um pouco do sangue da oferta pela culpa na ponta da orelha direita daquele que será purificado, no polegar da sua mão direita e no polegar do seu pé direito. Então o sacerdote pegará um pouco de óleo da caneca e o derramará na palma da sua própria mão esquerda, molhará o dedo direito no óleo que está na palma da mão esquerda, e com o dedo o aspergirá sete vezes perante o Senhor. O sacerdote ainda porá um pouco do óleo restante na palma da sua mão, na ponta da orelha direita daquele que está sendo purificado, no polegar da sua mão direita e no polegar do seu pé direito, em cima do sangue da oferta pela culpa".
(Levítico 14:14-17)

Malco  estava ali perseguindo a Jesus, a mando do sumo sacerdote, ele foi  com a comitiva de soldados romanos acompanhados pelo discípulo de Jesus, Judas Iscariotes, o traidor,  prender o Mestre Jesus, a fim de que o mesmo fosse levado à presença do sumo sacerdote Caifás, para prendê-lo e matá-lo; ele agia igual a Saulo, perseguia Jesus e seu povo, achando que estava fazendo o certo para a obra de Deus.
Observe as palavras de Saulo:
"Eu também estava convencido de que deveria fazer todo o possível para me opor ao nome de Jesus, o Nazareno. E foi exatamente isso que fiz em Jerusalém. Com autorização dos chefes dos sacerdotes lancei muitos santos na prisão, e quando eles eram condenados à morte eu dava o meu voto contra eles. Muitas vezes ia de uma sinagoga para outra a fim de castigá-los, e tentava forçá-los a blasfemar. Em minha fúria contra eles, cheguei a ir a cidades estrangeiras para persegui-los". (Atos 26:9-11)

O Sumo Sacerdote não tinha discernimento nenhum e dera ordens para que prendessem Jesus, o Messias, o Filho de Deus. Porém, Pedro, discípulo de Jesus, temendo pela própria vida ou para defender o Mestre, desembainhou uma espada e cortou a orelha direita de Malco.  “Então, Simão Pedro puxou da espada que trazia e feriu o servo do sumo sacerdote, cortando-lhe a orelha direita; e o nome do servo era Malco.” (João 18.10)
Malco caiu ao chão horrorizado. O seu sonho estava ali no chão... a orelha direita onde receberia a consagração. Tudo parecia estar acabado para Malco, pois ainda que estivesse a serviço da maldade do sacerdócio; ainda que sua motivação naquele momento fosse a pior possível; ainda que seu coração tivesse se corrompido levando-o a aceitar essa baixa condição de executar missões reprováveis em nome do Sumo Sacerdote, Malco, todavia acreditava estar a serviço da Obra de Deus. Então Jesus vendo o desespero daquele servo,  abaixou, pegou a orelha no escuro e colou-a no lugar, restaurando o sonho daquele homem. Creio que a partir dali Malco nunca mais foi o mesmo. Depois daquele encontro com Jesus imagino que Malco dedicou sua vida a favor do Mestre. A Bíblia não fala mais nada sobre ele, mas eu acredito que quando uma pessoa tem um encontro verdadeiro com Jesus, nunca mais ela será a mesma..

Ás vezes, quem puxa a espada para cortar os nossos sonhos e objetivos é alguém que está no nosso meio, andando com Jesus, dentro da Igreja, próximo de nós. É a inveja  dominando o coração no meio cristão.Aí esses invejosos sugam as energias, abatem a força, causa o desânimo e a desistência, mas Deus conhece os  seus sonhos; Ele sabe e vê todas as coisas e quando colocamos Deus à frente de tudo e os nossos sonhos em suas mãos, mesmo que alguém se levante tentando destruí-los, o Senhor chega e diz: “Basta!" . Erga sua cabeça! Seja forte! Eu dou a cura que você precisa. Eu opero o milagre. Eu restauro sua orelha direita, seus sonhos, aquilo que tiraram de você. Não ficará cicatriz. Alegre-se!

Vamos chamar seu sonho de "orelha direita".
Eu não sei como anda sua vida. Se alguém muito próximo a você, foi a pessoa que cortou o seu sonho, frustrou os seus projetos; você sente que sua vida espiritual está abalada e o seu ministério frio. Não desanime! Levante sua cabeça porque Jesus pode restaurar os seus sonhos; agora, se  foi  você que por um motivo ou outro, cortou a "orelha direita" de alguém; se você foi a pedra de tropeço para destruir o sonho de alguém bem próximo a você, e hoje você se arrepende do que fez,  não se desespere! Deus conhece o seu coração e te dá outra oportunidade. Ele restaura você nesta hora; somente creia.

Depois que Pedro cortou a orelha de Malco, ele ainda fez coisa bem pior: Negou Jesus três vezes! Depois se arrependeu amargamente e Jesus o perdoou e o encheu de poder e unção que ao ler o livro de Atos 2.14-40, vemos que em uma única pregação, Pedro ganhou 3.000 almas para o Reino de Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário

Seja Bem Vindo!

Seja bem vindo!
É um prazer ter você em meu blog. faça o seu comentário, deixe a sua mensagem.