terça-feira, 17 de junho de 2014

A Segunda Pesca Maravilhosa (Depois da Ressurreição de Jesus)


João 21.1-14
João termina  de narrar seu livro com a cena de mais um encontro de Jesus ressurreto com os discípulos, desta vez na beira do Mar da Galileia. Ele permaneceu na Terra quarenta dias depois de Sua ressurreição — dando sinais, ensinando, exortando e preparando os discípulos para o início da igreja. Porém, após anos andando com Jesus, ouvindo suas palavras, vendo seus milagres, e sendo testemunha do poder de Deus, Pedro resolve voltar a fazer o que fazia antes de conhecer Jesus.  ele decidiu voltar a pescar e os outros discípulos resolveram ir com ele.
"Depois disso Jesus apareceu novamente aos seus discípulos, à margem do mar de Tiberíades. Foi assim:
Estavam juntos Simão Pedro; Tomé, chamado Dídimo; Natanael, de Caná da Galiléia; os filhos de Zebedeu; e dois outros discípulos. "Vou pescar", disse-lhes Simão Pedro. E eles disseram: "Nós vamos com você". Eles foram e entraram no barco, mas naquela noite não pegaram nada." (João 21:1-3)

Essa é uma atitude que também se vê nos dias de hoje. Muitos vão para o Senhor, vive coisas novas em Cristo, milagres de transformação de vida, mas por não suportarem as lutas, por um ato de ingratidão ou por estarem com os pés mas voltado para as coisas mundanas do que para as coisas espirituais, abandonam o Senhor e voltam a fazer as mesmas coisas que antes. Pedro decidiu retroceder e voltar a fazer o que fazia antes. Talvez ele pensasse desta forma: “Sabe de uma coisa? Confiei que Jesus era o Messias que eu estava esperando, mas Ele foi morto e já não está no nosso meio por isso vou voltar a pescar e cuidar da minha vida, da minha família e do meu sustento. Vou voltar a pescar porque é isso que eu sei fazer . E o mais curioso é que alguns discípulos que estavam com Pedro resolveram fazer o mesmo!  Mas, a história fala que naquela noite eles não conseguiram pescar nenhum peixe. A pescaria foi só uma canseira para eles.

Os discípulos passaram um tempo com Jesus aprendendo, vivendo milagres, ouviram das coisas que estavam acontecendo e das que iriam acontecer, mas quando aconteceram eles ficaram perdidos,  abatidos e sem direção. Deus já havia dado a palavra de vitória, o Senhor já tinha tirado Pedro de pescador de peixes para ser pescador de homens. O Senhor tinha o propósito de levantar a igreja através de Pedro, mas quando aconteceram as coisas que haveriam de vir, Pedro tomou a atitude de largar toda a direção dada pelo Senhor e voltou a fazer o que já fazia antes, levando  também os outros para o mesmo rumo.

Na manhã seguinte Jesus se apresenta na praia, mas o discernimento espiritual daquele grupo estava prejudicado depois de uma noite inteira de lutas e frustrações. Ninguém havia reconhecido Jesus. Mas Jesus nunca os esquecera. Quando perdemos a visão espiritual, quando não estamos alinhados com Deus, quando nosso coração não está em sintonia com o Pai, perdemos também nossa referência espiritual que é JESUS.

Eles trabalharam a noite inteira, mas não produziram nada. Quando ancoraram o barco, Jesus os chama de filhos e pergunta qual foi o resultado da pescaria: Tendes alguma coisa de comer? Eles responderam que  "Não!". Jesus disse: “Lançai a rede do lado direito do barco”. O lado direito ou esquerdo, não tem muito peso ou importância, mas a OBEDIÊNCIA À PALAVRA DO SENHOR. E eles obedeceram. Dessa vez Jesus não entrou no barco como da primeira vez, fez diferente; e a Bíblia diz que quando eles lançaram a rede, mal podiam recolhê-la de tão pesada e cheia de 150 grandes peixes. Deus quer te abençoar de forma abundante, pois "Deus é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, mediante seu poder que atua em nós!" (Efésios 3:20).
O seu milagre vai chegar. Aquilo que você pediu vai receber. A rede não vai se romper porque Deus cuidará para que ela não se rompa.

Não retroceda no seu chamado, deixe os peixes de lado e ganhe almas para o Senhor, deixe que Jesus cuida de vocês e não vai  te faltar nada, porque quando chegaram a beira da praia tudo estava preparado! Já havia peixe e pão assados, Jesus não precisava dos peixes que eles haviam pegado. Estava tudo preparado
"Depois de comerem, Jesus perguntou a Simão Pedro: "Simão, filho de João, você me ama realmente mais do que estes? " Disse ele: "Sim, Senhor, tu sabes que te amo". Disse Jesus: "Cuide dos meus cordeiros".
Novamente Jesus disse: "Simão, filho de João, você realmente me ama? " Ele respondeu: "Sim, Senhor tu sabes que te amo". Disse Jesus: "Pastoreie as minhas ovelhas".
Pela terceira vez, ele lhe disse: "Simão, filho de João, você me ama? " Pedro ficou magoado por Jesus lhe ter perguntado pela terceira vez "Você me ama? " e lhe disse: "Senhor, tu sabes todas as coisas e sabes que te amo". Disse-lhe Jesus: "Cuide das minhas ovelhas." (João 21:15-17)

Realmente muitos pensam em retroceder, olham para os prazeres da vida velha e tem vontade de voltar mas, para estes o Senhor Jesus diz: Tu Me Amas, Apascenta as Minhas Ovelhas. Não retroceda, apascenta as Minhas ovelhas, não desista, apascenta as minhas ovelhas.
Por três vezes Cristo pergunta a Pedro: "Tu Me amas, então apascenta as minhas ovelhas". Não foi por acaso que o Senhor fez esta pergunta três vezes! Provavelmente esta atitude de Jesus Cristo foi para o lembrar a Pedro que ele já O havia negando por três vezes em uma outra ocasião.

CONCLUSÃO: Deus nos chamou para sermos pescadores de vidas e nos dará as estratégias necessárias para cumprirmos esse chamado.



Um comentário:

  1. Muito linda está mensagem! Falou muito comigo! Que Deus continue te usando Pra. Nádia!

    ResponderExcluir

Deixe aqui o seu comentário

Seja Bem Vindo!

Seja bem vindo!
É um prazer ter você em meu blog. faça o seu comentário, deixe a sua mensagem.