sábado, 8 de dezembro de 2012

A Cura de Um Menino Endemoniado




Texto base: Marcos 9.14-27
Tema: Exercitando sua fé

Esta passagem mostra o que tem acontecido na vida de muitos cristãos. Deus tem nos dado a oportunidade de manifestar a nossa fé, mas a incredulidade no meio dos cristãos tem  entristecido o Senhor Jesus.
Jesus tinha subido ao monte levando três de Seus discípulos; Pedro, Tiago e João,  para orarem a sós. Ao descerem do monte, encontraram os outros nove discípulos, juntamente com uma grande multidão e doutores da lei, discutindo sobre alguma coisa. Mas o que será que eles estavam discutindo? O que havia acontecido no vale, enquanto Jesus estava orando no monte?

A palavra diz que quando viram Jesus todos ficaram surpresos e correram para saudá-Lo. (v15)
A pergunta de Jesus “O que vocês estão discutindo?” (v16)
Todos ficaram calados, envergonhados, mas um homem, no meio da multidão, respondeu:”Mestre eu te trouxe o meu filho que está com um espírito que o impede de falar.(...) Pedi aos seus discípulos que expulsassem o espírito, mas eles não conseguiram”. (v17-18).
Incrível não!!!? Eis aí a questão da discussão; os mestres da lei estavam julgando a autoridade que Jesus havia dado aos discípulos.

Tanto os mestres da lei no passado, como o próprio mundo nos dias de hoje, está sempre nos observando, nos apontando, observando a vida dos cristãos não para julgá-los, mas para julgar o Evangelho de Cristo.
A atitude daqueles discípulos entristeceu o Senhor Jesus, pois eles mostraram a sua imaturidade espiritual.
Nós temos ouvido sempre pregações que falam de fé, do poder de Deus, temos visto as coisas acontecerem, milagres acontecerem, testemunhos de fé e milagres. Mas, muitos estão vendo o poder de Deus mas não conseguem agir como Deus espera que elas ajam.

Esse homem tinha um filho doente desde a infância. Um demônio o atormentava jogando-o no fogo, na água, deixava-o mudo, surdo, descontrolado, machucado.  Percebemos que o pai desta criança, agora já um moço, um rapaz, havia buscado a cura pra seu filho de todas as maneiras, ele tinha buscado ajuda, pois queria ver o filho curado, liberto e vivendo em paz. Imagine você que é pai, você que é mãe, com um filho doente! Você vai buscar ajuda, porque você quer vê-lo curado.
Aquele homem foi naquele lugar levando seu filho, na esperança de encontrar Jesus, mas Jesus tinha ido ao monte orar, e deixado 9 de seus discípulos com a multidão. Em sua terceira viagem à Galiléia, o Senhor Jesus havia dado aos Seus discípulos autoridade para expulsar espíritos imundos e curar todas as doenças e enfermidades, em uma missão específica de anunciar apenas aos judeus que era chegado o Reino dos céus (Lucas 10.19). E durante aquela missão eles tiveram sucesso com esses sinais (Marcos 6:13). Então o homem pediu aos discípulos que orassem por seu filho e expulsassem o demônio que o mantinha possesso. Mas, eles não conseguiram!.

Então Jesus repreende seus discípulos! Ó geração incrédula! Até quando eu estarei com vocês, até quando terei que suportá-los? Eu creio que Jesus fala isso até hoje: Até quando vai ver o meu agir e mesmo assim vai duvidar de mim? Até quando vou falar com você, vou mostrar pra você, vou levantar você, vou empurrar você pra frente, vou dar a você a condição de agir e você não age? Até quando terei que suportar a sua incredulidade? Até quando?, heim?
Você vai  ao culto, Eu falo com você. Você me pede uma palavra, Eu falo com você. Você pede um sinal, Eu dou a você. Você vê o meu poder, você vê o que Eu posso fazer; mas aí; quando surge uma situação e Eu te digo, agora age; você diz: “eu não me sinto capaz”.  Os discípulos não puderam. O pai do menino disse isso pra Jesus.
Eu vejo que Jesus tava deixando bem claro o seguinte: Até quando vocês estarão comigo, vão ver o meu poder, aprender sobre as coisas e eu vou ter que suportar tanta incredulidade, tanta falta de atitude? Porque esse pessoal estava andando com Jesus, acompanhavam Jesus, viam Jesus trabalhar, estavam ali o tempo todo  e tendo a oportunidade de pegar aquele espírito e fazer uso da autoridade.

Aí, Jesus manda trazer o rapaz. “Tragam-me o menino”.
Jesus perguntou ao pai do menino: Há quanto tempo ele está assim? Desde a infância, respondeu o pai do menino. O pai do menino por sua vez, parecia duvidar que Jesus pudesse fazer alguma coisa por seu filho ao dizer: Senhor "Se tu podes fazer alguma coisa, tem compaixão de nós, e ajuda-nos. (Marcos 9:22).

Então Jesus disse:  “SE PODES?” Jesus lhe fez uma pergunta em cima da queixa daquele homem: Se posso? A questão não é se Eu posso, mas se você crê. “TUDO É POSSÍVEL ÀQUELE QUE CRÊ” . v23. O que Jesus estava querendo dizer era: Não tem a ver comigo, mas  tem a ver é com você. Porque EU SEI QUE EU POSSO, EU POSSO TUDO, mas e você; você é capaz de crer?  A questão aqui não se Eu posso; Eu sei que posso.
A sua vitória não tem a ver com Deus, tem a ver com a sua fé. Eu posso fazer isso na tua vida, mas você crer que eu posso?. Você crê que Eu posso virar esse seu cativeiro  e materializar isso na tua vida? Porque se você acredita no meu agir, TUDO É POSSÍVEL AQUELE QUE CRÊ.

Imagine uma pessoa incrédula tendo um diálogo com Senhor: - Ò Deus, o Senhor pode fazer isso?  -Ah Senhor, você pode fazer uma milagre acontecer na minha vida?
O Senhor diz: EU SEI QUE EU POSSO. E o Senhor está dizendo a mesma coisa hoje: EU SEI QUE EU POSSO; MAS E VOCÊ; VOCÊ É CAPAZ DE CRER QUE EU POSSO? VOCÊ PODE COLOCAR SUA FÉ EM AÇÃO?
Ah Senhor eu sei que o Senhor é capaz de fazer isso! Eu creio, mas ajuda-me a vencer a minha incredulidade! V 27. Eu creio que o Senhor pode fazer milagres, eu creio que o Senhor faz milagre na vida das outras pessoas, eu creio porque tenho visto milagres acontecendo na vida dos outros, mas na minha vida nada aconteceu, meu filho está nessa condição desde pequenino, etc.

É uma situação que vemos acontecer hoje. Eu creio que isso é verdade, eu vi acontecer com outras pessoas, mas o que eu não creio é que o milagre  possa acontecer na minha vida. Tem muita gente assim; crê no milagre, crer em Deus, mas quando se trata de si próprio, não consegue acreditar. São pessoas que tem uma fé que não a leva vencer, é uma fé morta.  Deus quer mudar essa situação, porque Ele não pode operar de outra maneira na vida das pessoas. Se você meditar nas Escrituras, você vai ver que Deus não opera em espírito amargurado, em coração triste, numa mente pensando no pior e maquinando o mal, numa pessoa que se coloca como vítima, na vida de um incrédulo, etc.

Desde a infância aquele jovem sofria deste terrível mal. A fé do pai estava abalada; a incredulidade alojou-se no coração e além do mais os discípulos não conseguiam expulsar o demônio e isso deixou o pai mais desesperado ainda. A família vivia amedrontada porque o demônio o lançava no fogo, na água, e quando caía no chão, caía rígido.. (v18).  O Demônio queria matar aquele moço. O que sentiu o aquele pai quando viu que os discípulos de Jesus não podiam expulsar o demônio?

Os discípulos não conseguiram. Como não conseguiram? Havia ali uma situação para eles agirem a fé, mas eles não conseguem! É o que acontece com muitos. Falta de palavra de fé não é; falta de Bíblia,  de ver o poder de Deus, de acompanhar testemunhos, de ver a glória de Deus, não é. A pessoa já viu o poder de Deus, já experimentou, já ouviram sobre fé, sobre o poder de Deus, sobre o poder de ação de Deus, sobre a capacidade de Deus mudar uma situação; de reverter uma situação, no entanto, quando está diante de uma situação que necessita de uma manifestação de fé, ele não consegue agir. Ele tem medo, ele não crê, ele não se sente capaz, sabe-se lá o que no final unindo tudo vira a incredulidade.
Jesus deve ter  corrigido os discípulos; “ vocês estão comigo, estou te ensinando todos os dias, mas vocês não colocam o que eu te ensino em prática”. Jesus está falando o mesmo com nós, porque quando estamos diante de uma situação, de um problema, ou de um desafio, recuamos, e tem ainda quem diga: haja fé para vencer isso!, ah eu não consigo, isso não é pra mim, isso não é comigo, to com medo, e se Deus me deixar? E se Deus não me responder?
 Deus está cobrando uma postura de fé completamente diferente. Ele espera um povo com atitude, determinado, corajoso, que não fala de problema, que não se curva diante do problema, que não se abate diante do problema; mas, que o enfrenta corajosamente. Um povo que não se prostra diante  do problema, mas que guerreia, estufa o peito, arregaça as mangas e enfrenta a situação numa atitude de coragem.

Vocês já imaginaram se o pastor não tivesse presente em um dos cultos, e uma pessoa caísse endemoniada e ninguém ou nenhum obreiro conseguisse expulsar o demônio? Ninguém consegue libertar a pessoa no nome de Jesus? O que é que é isso? Como iria ficar a pessoa? Deus não vai olhar pra você e dizer: Ah coitadinho, ele não está preparado ainda!Não. Você tem orado, você tem buscado, você tem ouvido, você tem aprendido, agora você tem a oportunidade, a situação está diante de você, o que é que você faz? Enfrente. Diga pra você mesmo: Deus é comigo. Demônio sai em nome de Jesus! Doença sai em nome de Jesus! Problema sai em nome de Jesus! É a hora de eu manifestar a minha fé. É hora de você exercitar a sua fé  de forma corajosa.  Não deixe nada te derrubar.

Conclusão: Jesus está nos ensinando a ter um posicionamento firme e de fé diante dos problemas e das situações adversas. Uma postura de coragem, de firmeza, de fé. EU CREIO, porque ainda que não ajam meios e que as circunstâncias digam que não, Deus vai criar, Deus vai mudar a circunstância em seu favor. Eu creio. Deus pode qualquer coisa, Deus pode mudar qualquer situação. Deus pode colocar a vitória em suas mãos, mas e você? Você crê nisso?
Ah eu creio no que está escrito na Bíblia, nas promessas de Deus, no que é pregado no altar, mas o que eu não creio é que eu vou viver isso, eu não creio que posso viver a glória de Deus, a prosperidade, o melhor de Deus.
Onde você estiver hoje, o que você está passando hoje, isso não importa. Deus tira você desta situação e te dá   vitória. Coloque a sua fé em ação. A medida que você vai exercitando a sua fé você vai ficando forte. Quando você ouvir qualquer palavra negativa, não aceite, ore por aquilo e diga a vitória é minha em nome de Jesus.

3 comentários:

  1. muito boa a explicação, Jesus continue te usando mais e mais

    ResponderExcluir
  2. muito boa a explicação, Jesus continue te usando mais e mais

    ResponderExcluir

Deixe aqui o seu comentário

Seja Bem Vindo!

Seja bem vindo!
É um prazer ter você em meu blog. faça o seu comentário, deixe a sua mensagem.